BRASÍLIA

CULTURA E EVENTOS

FOCO ATUALIDADES – O que significa ‘cringe’?

Publicados

CULTURA E EVENTOS

Postado por: D’ROZA Cringe, Millenials, Geração Z: difícil alguém que não tenha se deparado com alguma dessas expressões nos últimos dias. Nas redes sociais, o assunto tem gerado memes, testes e até reflexões sobre os conflitos e diferenças intergeracionais. No Brasil, a repercussão do termo “cringe” aumentou depois que a podcaster Carol Rocha publicou, no Twitter, uma pergunta sobre o que os jovens da Geração Z “acham um mico” nos Millenials. Na sequência, ela comentou: “(acho q falar mico já passou, é cringe ne)”. Não demorou para que os usuários povoassem a internet com as respostas. Alguns comentaram que gostar de Disney, usar emojis, tomar café da manhã, usar peças como calça skinny ou sapatilha de bico redondo, pentear o cabelo repartido para o lado e até usar a palavra “boleto” eram típicos exemplos de atitudes “cringes”. Mas o que significa essa expressão? O termo tem origem inglesa e é utilizado como uma gíria para se referir aos momentos em que as pessoas passam por situações desconfortáveis e constrangedoras. Nas redes sociais, inclusive, a palavra é bastante usada, significando algo como “vergonhoso”, em tradução livre. por favor jovens da geração z, me contem o que vcs acham um mico nos millennials (acho q falar mico já passou, é cringe ne) Para além do uso e do significado da expressão, a grande reflexão que o assunto tem gerado envolve as diferenças entre as gerações Milennials e Z. Em termos práticos, pessoas nascidas entre as décadas de 1980 e 1990 são definidas como “Millennials” ou “Geração Y”. À luz da Sociologia, o conceito fica ainda mais específico, abarcando quem nasce entre o início da década de 1980 até, aproximadamente, o final do século. Por sua vez, quem faz parte da “Geração Z” — também denominada “GenZ”, “pós-Millennials”, entre outros termos — são aqueles nascidos entre 1995 a 2010, os também chamados “nativos digitais”, uma vez terem nascido já imersos na tecnologia e na internet.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foco nas lives! Live - O que vem pela frente no Mercado de Trabalho?
Propaganda

CULTURA E EVENTOS

FOCO CULTURAL – Correios lança a Emissão Especial Filatélica Festa do Senhor Bom Jesus do Bonfim

Publicados

em

A Festa do Senhor Bom Jesus do Bonfim é uma celebração tradicional que ocorre desde o século XVIII. Sua origem remonta à Idade Média, na Península Ibérica e na devoção ao Senhor Bom Jesus ou Cristo Crucificado. Integra o calendário litúrgico e o ciclo de Festas de Largo de Salvador e é realizada anualmente, sem interrupção, desde 1745. A Festa do Senhor Bom Jesus do Bonfim – inscrita no Livro de Registro das Celebrações, em 2013 – articula duas matrizes religiosas distintas, a católica e a afro-brasileira, e incorpora diversas expressões da cultura e da vida social soteropolitana. Está profundamente em enraizada no cotidiano dos habitantes de Salvador, e possui grande poder de mobilização social.

 

Durante o mês de janeiro, a celebração reúne ritos e representações religiosas, além de manifestações profanas e de conteúdo cultural. As festividades de Nosso Senhor Bom Jesus do Bonfim, na Basílica do Senhor do Bonfim, em Salvador, começam com a novena que segue até o sábado, véspera do dia da Festa, o segundo domingo depois da Festa de Reis. A exceção fica por conta da quinta-feira, quando a Basílica fecha em virtude da lavagem do adro. Nesse dia, o cortejo que sai da Igreja da Conceição da Praia, no bairro do Comércio, é recebido com a benção proferida da janela da Basílica. Todos os anos, no mês de janeiro, fiéis de todas as paróquias da Arquidiocese de Salvador sobem a Colina Sagrada para render graças ao Senhor do Bonfim.

 

Após o encerramento da última novena, no sábado à noite, em frente à Igreja do Bonfim, acontece a apresentação dos Ternos de Reis. No Dia do Senhor do Bonfim, na manhã do segundo domingo após a Epifania, é realizada a Missa Campal, de caráter solene, no adro da Igreja do Bonfim, representando o ápice dos eventos litúrgicos e o encerramento da parte religiosa desta celebração. No dia festivo, a programação tem início com a alvorada às 5h e segue com missas, sendo que às 10h30. Às 16h, os devotos e reúnem na Igreja dos Mares para a procissão dos Três Pedidos, que percorre o largo de Roma em direção ao Bonfim. Uma pregação e a benção do Santíssimo Sacramento encerram os festejos. Muita luz na iluminação da Igreja A Basílica iluminada é uma peça de cristal incandescida que, erguida sobre a colina, é vista à longa distância, em ocasiões especiais.

 

Além destes, há outro bens, expressões e rituais agregados e também constitutivos da Festa do Bonfim: os Afoxés e grupos musicais que acompanham o Cortejo; os grupos de Capoeira que se apresentam espontaneamente ao longo do percurso e no Largo do Bonfim; os grupos de Bumba-meu-Boi; os Mascarados e a Burrinha; as carroças enfeitadas, puxadas por jegues, que inicialmente levavam a água usada na Lavagem; os rituais que envolvem a Medida do Senhor do Bonfim, fitas de tecido que são amarradas no pulso ou no gradil da Igreja; o cumprimento de promessas por parte dos devotos, as romarias e o depósito de ex-votos em dependência da Basílica. A Festa se completa com as rodas de samba na praça e nas barracas que se distribuem ao longo do percurso e no entorno da igreja.

 

 

*Arte do selo* – Esta emissão é composta por dois selos. O primeiro mostra duas crianças de costas, correndo em direção à sua comunidade, com a Basílica Senhor do Bonfim no fundo. Sua silhueta é destacada pelas fitinhas coloridas que são um dos elementos mais conhecidos e populares dessa festividade. O segundo selo mostra uma ilustração de Jesus Cristo crucificado, no estilo da imagem original do Senhor do Bonfim que se encontra dentro do Santuário. O desenho está em perspectiva de quem está vendo de baixo. A cor azul adorna todo o selo, bem como as fitinhas coloridas, em sua base. Foram utilizadas técnicas mistas de ilustração manual e digital.

 

Com tiragem de 160 mil selos (80 mil de cada) e valor de R$ 2,10 cada, os selos estarão disponíveis na loja virtual e também nas principais agências do país a partir de 21 de janeiro.

 

Fonte: Assessoria Comunicação Correios
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  FOCO NO TURISMO! Lançamento de sete rotas temáticas com os atrativos que melhor representam a cidade
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA