BRASÍLIA

FOCO NA EDUCAÇÃO

Foco na educação! Notas do Enem 2020 no primeiro semestre só poderão ser usadas para o Sisu

Publicados

FOCO NA EDUCAÇÃO

Postado por Silvana Scórsin De forma diferente, Prouni e Fies aceitarão notas de edições anteriores O Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que ocorrerá em abril de 2021,será o único programa federal de acesso ao ensino superior no qual os candidatos poderão usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, cuja edição da prova deste ano foi adiada para janeiro de 2021 por conta da pandemia de Covid-19. Assim, o edital do Sisu referente ao 1º semestre de 2021 será publicado após a divulgação do resultado do Enem, em março, coincidindo com a conclusão do semestre letivo de 2020 de grande parte das instituições ensino superior públicas. O anúncio do Ministério da Educação ocorre em meio a polêmicas sobre a impossibilidade de usar a nota do Enem 2020 à graduações por meio dos Programa Universidade para Todos (Prouni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), cujo período de inscrições estão programados também para janeiro de 2021. Prouni e Fies Considerando que parte das universidades deve iniciar as aulas em fevereiro, e o cronograma Enem prevê a divulgação das notas do exame em março, o MEC anunciou que a seleção de candidatos para o Prouni usará notas do Enem 2019. Para tanto, há previsão de uma segunda edição do programa para quem conclui o ensino médio neste ano, usando as notas do Enem 2020. Em relação ao Fies, o Ministério afirmou que o estudante pode utilizar a melhor dentre as notas das edições do Enem desde 2010. A mesma regra valerá para a segunda edição, mas o candidato poderá usar a nota da última prova se assim quiser. “Considerando que o início das aulas nas instituições de ensino superior privadas está previsto para ocorrer a partir de fevereiro, e para evitar maiores prejuízos aos candidatos que já possuem notas de Enem em edições anteriores, os processos seletivos do Prouni e Fies, excepcionalmente, utilizarão as notas das últimas edições do Enem, sendo a nota do Enem de 2019 a que será exigida, apenas na 1ª edição de 2021 do Prouni. Já para o Fies, a exigência continua sendo para utilização das notas das edições mais recentes do Enem, desde 2010”, explicou o MEC em nota. O edital do Prouni está previsto para ser divulgado na próxima terça-feira (15), enquanto que o do Fies estará disponível até a próxima sexta-feira (18). *Com informações do MEC Fonte: Agência Educa Mais Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foco no trabalho-Gastrônomas investiram na profissionalização para viver da gastronomia
Propaganda

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NA EDUCAÇÃO – Inep divulga resultados da primeira etapa do Revalida 2022

Inscrições dos aprovados para segunda etapa começam na amanhã

Publicados

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou a consulta do resultado da primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2022. Quem for aprovado nesta etapa poderá se inscrever, a partir de amanhã (13), na segunda.

A primeira parte do exame foi aplicada no dia 6 de março em oito cidades. Também estão disponíveis no  Sistema Revalida as respostas sobre os recursos referentes aos resultados preliminares da prova discursiva.

Os candidatos aprovados na prova teórica que reprovaram na parte prática das edições 2020 ou 2021 do Revalida também podem se inscrever diretamente na etapa de habilidades clínicas do Revalida 2022.1. A aplicação ocorrerá nos dias 25 e 26 de junho.

Sobre o Revalida

Aplicado desde 2011 pelo Inep, o Revalida busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. O exame é composto por duas etapas (teórica e prática) que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

Leia Também:  FOCO NA EDUCAÇÃO -Bom exemplo: criança grava vídeos para ensinar Libras ao avô

Para participar da segunda etapa, é necessário ter sido aprovado na primeira, que contempla as provas objetiva e discursiva. As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional. O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

* Com informações do Ministério da Educação

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA