BRASÍLIA

FOCO NA EDUCAÇÃO

Foco na educação! Prouni: termina hoje (18) prazo para as instituições aderirem ao próximo semestre

Publicados

FOCO NA EDUCAÇÃO

Postado põe Silvana Scórsin O procedimento é obrigatório para mantenedoras de ensino Encerra nesta quarta-feira (18) o prazo para as mantenedoras de instituições de ensino superior formalizarem o interesse em aderir ao Programa Universidade Para Todos (Prouni). As vagas são direcionadas para o processo seletivo do primeiro semestre de 2021. O procedimento é obrigatório e essa data vale para as instituições que já participam do programa ou participaram e querem fazer a renovação dos documentos de adesão, bem como para instituições que pretendem participar pela primeira vez. As instituições que desejam aderir ao programa não podem ter registro no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin), conforme o MEC. Já para a renovação de adesão, as mantenedoras devem comprovar a quitação de tributos e contribuições federais administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil. Após o processo de renovação ou adesão, é de responsabilidade das instituições participantes a divulgação do termo de Adesão ou Termo Aditivo e dos editais próprios da instituição sobre a seleção do Prouni.Também é dever da instituição mantenedora fixar a íntegra da Portaria Normativa MEC nº 18, de 2014 em locais de grande circulação de estudantes e nos seus respectivos sites. O prazo para a emissão dos termos aditivos segue até o dia 2 de dezembro. De 7 a 11 de dezembro é o período para que as mantenedoras possam retificar os documentos exigidos para a participação das instituições de ensino no processo seletivo. * Com informações do Ministério da Educação Fonte: Agência Educa Mais Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foco nos estudos! Dicas de estudo: cinco sites seguros para usar em pesquisas acadêmicas
Propaganda

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NA EDUCAÇÃO – Enem 2022: opção da versão impressa ou digital da prova deve ser feita na inscrição

No ato da inscrição, o estudante precisa sinalizar a opção desejada

Publicados

em

Com a aproximação do fim do prazo das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que podem ser feitas até 27 de maio, muitos estudantes ainda têm dúvidas sobre a diferença das versões impressa e digital do exame. Tal preferência deve ser sinalizada no momento da inscrição e após o preenchimento do formulário não é permitido trocar de opção.  Pela primeira vez, os participantes não isentos poderão efetuar o pagamento da taxa de inscrição de R$85 – o mesmo do ano passado – por meio de cartão de crédito e Pix, até o dia 27 de maio.

As duas versões da prova, a impressa e digital, serão aplicadas nos mesmos dias, em 13 e 20 de novembro. Elas contam com questões iguais, mesmo tema de redação e tempo de realização. A versão impressa pode ser feita por qualquer pessoa, inclusive os alunos chamados ‘treineiros’, ou seja, aqueles que não vão concluir o Ensino Médio este ano ou que ainda não estão cursando essa etapa.

Já a participação na versão digital é exclusiva para quem já concluiu o Ensino Médio ou que está concluindo essa etapa neste ano. O atendimento especializado é o mesmo nas duas versões do Enem 2022. As provas do Enem digital 2022 serão aplicadas em locais definidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), sob as mesmas condições de segurança e sigilo.

Leia Também:  Foco na educação! Carreira: confira as áreas da Engenharia com maiores salários

A redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão tradicional do exame. A previsão é que, até 2026, o Enem será aplicado integralmente digital. Ou seja, a versão impressa será extinta.

A estudante Laiane Fonseca, 18 anos, já se inscreveu e optou pela versão impressa da prova. Para ela, não há diferença nas duas opções e a forma tradicional passa mais segurança. “Eu me inscrevi logo nos primeiros dias. Eu fiz o exame no ano passado e neste ano vou fazer novamente para testar meus conhecimentos. Pensei em fazer a versão digital, mas optei pela impressa mesmo. Estou na expectativa para os dias das provas”, afirma.

Para a próxima edição, o Inep aceitará documentos digitais de identificação nos locais de prova, como: e-Título, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital e RG Digital. O candidato deve apresentar o aplicativo oficial ao fiscal e capturas de tela não serão válidas. Após a entrada na sala de aula, o uso do celular continuará vetado.

Neste ano, foram liberadas 101.100 vagas para o Enem Digital, que são preenchidas por ordem de inscrição. Uma vez esgotado o limite por cidade, acaba a chance de participar dessa versão. Com questões inéditas, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no primeiro dia de inscrição, a edição de 2022 atingiu a marca de 1 milhão de inscritos.

Leia Também:  FOCO NA EDUCAÇÃO - Amazon oferece cursos gratuitos de TI

Cronograma do Enem 2022

  • Inscrições para o Enem 2022: 10 a 21 de maio de 2022
  • Prazo para pagamento da taxa de inscrição: 10 a 27 de maio de 2022
  • Solicitação de atendimento específico e especializado: 10 a 21 de maio de 2022
  • Solicitação de uso do nome social: 23 a 28 de junho de 2022
  • Divulgação dos locais da prova: prazo ainda não informado
  • Aplicação das provas do Enem 2022: 13 e 20 de novembro de 2022

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA