BRASÍLIA

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NAS CIDADES! Amazon abre centro de distribuição no DF

Publicados

FOCO NA EDUCAÇÃO

Foto: revista.mundologistica Postado por Silvana Scórsin Chegada da gigante norte-americana consolida estratégia do governo em valorizar vocação de Brasília como grande operador logístico nacional. O Distrito Federal se firma no mercado como importante centro logístico brasileiro com a chegada de um dos três novos centros de distribuição anunciados nesta segunda-feira (9) pela gigante norte-americana Amazon. A expansão da empresa em território nacional vai criar cerca de 1,5 mil empregos diretos com o início das operações nas unidades de Santa Maria (DF), Betim (MG) e Nova Santa Rita (RS). “A vinda da Amazon para o Distrito Federal consolida nossa estratégia de valorizar a vocação de Brasília como um grande operador logístico, com localização privilegiada no centro do país e da América Latina, e vai ao encontro do ambiente competitivo criado pelo nosso governo, com programas de incentivos fiscais, segurança jurídica e redução de burocracia”, destaca o governador Ibaneis Rocha. “Comemoramos essa chegada com a expectativa de gerar mais empregos, estimular a instalação e criação de empresas satélites, aumentar a arrecadação e contribuir para o nosso crescimento econômico.” Expansão nos serviços A unidade de Santa Maria é vista como fundamental na expansão dos serviços de entrega da Amazon no Brasil. As três unidades anunciadas se juntam às cinco já em operação no país – quatro em São Paulo (em Barueri e Cajamar) e uma em Pernambuco (Cabo de Santo Agostinho) – e garantem uma capilaridade capaz de realizar entregas em até dois dias para os clientes do serviço Prime em 500 municípios, número que deve aumentar com a atuação dos novos centros de distribuição. O secretário de Economia, André Clemente, ressalta que a instalação de uma unidade da Amazon em Santa Mara amplia a presença do DF como centro logístico nacional, já que a capital federal tem o único aeroporto brasileiro com duas pistas em operação simultânea, ligado a todas as capitais do país – além de excelente malha rodoviária, mão de obra capacitada e competitividade fiscal. “O Distrito Federal, com esses investimentos e outros que já vieram, define-se como grande polo logístico e do e-commerce da América Latina”, avalia. A expectativa do GDF é que, para cada emprego direto gerado, outros três possam ser criados de forma indireta na cadeia fomentada pela gigante americana. “A chegada da Amazon no Distrito Federal consolida uma nova era, inaugurada pelo governo Ibaneis, que trará crescimento econômico, aumento do emprego, da renda e da arrecadação”, afirma André Clemente. “A chegada da Amazon no Distrito Federal consolida uma nova era, inaugurada pelo governo Ibaneis, que trará crescimento econômico, aumento do emprego, da renda e da arrecadação” André Clemente, secretário de Economia “A expansão da Amazon reflete nosso compromisso com os consumidores no Brasil, com foco em oferecer uma experiência em constante evolução para o cliente, e está alinhada com o objetivo de continuar trazendo mais conveniência aos clientes, com aumento de capacidade, ampliação de catálogo de produtos e entregas cada vez mais rápidas a mais cidades”, ressalta o country manager (gerente representante) da Amazon no Brasil, Alex Szapiro. “Essa expansão nos ajudará a aprimorar ainda mais o atendimento aos clientes brasileiros, não apenas nos estados onde estamos abrindo os CDs, mas em todo o país.” Com os novos centros de distribuição no Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, a Amazon abrirá postos de trabalho responsáveis pela seleção dos produtos, embalagem e envio dos pedidos dos clientes, ajudando a garantir que as pessoas recebam seus itens dentro do prazo estabelecido e de maneira confiável. Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA * | EDIÇÃO: CHICO NETO *Com informações da Secretaria de Economia

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foco na Educação! Inscrições para formação gratuita em ciências da vida estão abertas
Propaganda

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NA EDUCAÇÃO – Inep divulga resultados da primeira etapa do Revalida 2022

Inscrições dos aprovados para segunda etapa começam na amanhã

Publicados

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou a consulta do resultado da primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2022. Quem for aprovado nesta etapa poderá se inscrever, a partir de amanhã (13), na segunda.

A primeira parte do exame foi aplicada no dia 6 de março em oito cidades. Também estão disponíveis no  Sistema Revalida as respostas sobre os recursos referentes aos resultados preliminares da prova discursiva.

Os candidatos aprovados na prova teórica que reprovaram na parte prática das edições 2020 ou 2021 do Revalida também podem se inscrever diretamente na etapa de habilidades clínicas do Revalida 2022.1. A aplicação ocorrerá nos dias 25 e 26 de junho.

Sobre o Revalida

Aplicado desde 2011 pelo Inep, o Revalida busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. O exame é composto por duas etapas (teórica e prática) que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

Leia Também:  FOCO NA EDUCAÇÃO! Site com aulas prontas de acordo com BNCC ajuda professores nas aulas remotas

Para participar da segunda etapa, é necessário ter sido aprovado na primeira, que contempla as provas objetiva e discursiva. As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional. O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

* Com informações do Ministério da Educação

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA