BRASÍLIA

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NO ENEM 2020! Impedido de fazer prova no primeiro dia precisa comparecer no segundo ..

Publicados

FOCO NA EDUCAÇÃO

OU SERÁ ELIMNINADO! Postado por Silvana Scórsin Segundo Inep, o candidato deve pedir a reaplicação da prova que perdeu Os candidatos que não conseguiram realizar a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 porque foram impedidos por causa da lotação das salas precisam comparecer ao local de prova no próximo domingo (24), segundo dia de aplicação do exame. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informa que o candidato que não comparecer será eliminado. Mesmo sem ter feito a primeira prova, o participante precisa comparecer para fazer a segunda etapa. A partir do dia (25), o candidato deve pedir a reaplicação da prova que perdeu. No entanto, essa regra não vale para quem faltou à prova por motivo de desistência. A ocorrência de salas cheias causaram impedimento a diversos estudantes que saíram dos locais de prova sem fazer o exame. Essas pessoas afetadas tiveram seus nomes anotados em listas e enviados ao Inep. Até o momento, não há informações sobre o número de estudantes prejudicados, mas o Inep divulgou que os casos ocorreram em seis cidades (Curitiba, Londrina, Florianópolis, Caxias do Sul, Canoas e Pelotas), embora exista registro de ocorrência em mais cidades do país. “O inscrito deverá solicitar apenas a reaplicação das provas que ocorreram no dia em que se sentiu prejudicado. Portanto, cabe ressaltar que o participante poderá realizar, normalmente, as provas do próximo domingo, 24 de janeiro”, diz o comunicado do organizador da prova. Para solicitar a reaplicação da prova que não foi feita, o participante precisa acessar a Página do Participante no endereço https://enem.inep.gov.br/participante/, entre os dias 25 e 29 de janeiro de 2021. Fonte: Agência Educa Mais Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  FOCO NA EDUCAÇÃO - No dia internacional da pessoa com deficiência, diversas abordagens pautam a inclusão
Propaganda

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NA EDUCAÇÃO – Inep divulga resultados da primeira etapa do Revalida 2022

Inscrições dos aprovados para segunda etapa começam na amanhã

Publicados

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou a consulta do resultado da primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2022. Quem for aprovado nesta etapa poderá se inscrever, a partir de amanhã (13), na segunda.

A primeira parte do exame foi aplicada no dia 6 de março em oito cidades. Também estão disponíveis no  Sistema Revalida as respostas sobre os recursos referentes aos resultados preliminares da prova discursiva.

Os candidatos aprovados na prova teórica que reprovaram na parte prática das edições 2020 ou 2021 do Revalida também podem se inscrever diretamente na etapa de habilidades clínicas do Revalida 2022.1. A aplicação ocorrerá nos dias 25 e 26 de junho.

Sobre o Revalida

Aplicado desde 2011 pelo Inep, o Revalida busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. O exame é composto por duas etapas (teórica e prática) que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

Leia Também:  FOCO NA EDUCAÇÃO - Evento internacional de tecnologia abre participação para universitárias brasileiras; veja como se inscrever

Para participar da segunda etapa, é necessário ter sido aprovado na primeira, que contempla as provas objetiva e discursiva. As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional. O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

* Com informações do Ministério da Educação

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA