BRASÍLIA

FOCO NA EDUCAÇÃO

Foco nos estudos! Reaplicação do Enem 2020 registra mais de 70% de abstenção

Publicados

FOCO NA EDUCAÇÃO

Postado por Silvana Scórsin 63.468 estudantes fizeram as provas do primeiro dia e, 64.213, do segundo A reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, realizada ontem (24) e na terça-feira (23), teve um alto índice de ausência. No primeiro dia houve 72,2% de abstenção e 72,6% no segundo. Os dados foram apresentados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Participaram da reaplicação os inscritos que apresentaram sintomas da Covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas, além daqueles prejudicados por questões logísticas, como falta de luz, no dia do exame. Os gabaritos das provas objetivas estarão disponíveis, segundo o Inep, na segunda-feira (1º) junto com os Cadernos de Questões. Os resultados do Enem 2020, tanto do impresso quanto do digital e da reaplicação, serão divulgados no dia 29 de março. As notas do Enem poderão ser usadas para ingressar no ensino superior e para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Esta é a terceira e última rodada de aplicação do Enem 2020, após o Enem impresso regular e o Enem digital. O exame foi aplicado no Distrito Federal e em 1.503 municípios distribuídos em todos os estados. No total, 63.468 estudantes fizeram as provas do primeiro dia e, 64.213, do segundo. * Com informações da Agência Brasil Fonte: Agência Educa Mais Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  FOCO NA EDUCAÇÃO! Professores de Educação Física podem consultar orientações do MEC para aula EAD
Propaganda

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NA EDUCAÇÃO – Enem 2022: confira dicas de aplicativos e sites gratuitos para se preparar

As inscrições para o exame terminam no próximo sábado, dia 21

Publicados

em

 

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terminam no próximo sábado, dia 21. As provas serão aplicadas em dois domingos de novembro, dias 13 e 20. Até lá, são seis meses para se preparar e mandar bem na prova. Nesse sentido, a internet pode ser uma boa aliada para complementar os estudos.

Para impulsionar o desempenho no Enem 2022, existem diversos meios, como videoaulas, disponíveis em canais no Youtube e aplicativos gratuitos com o objetivo de facilitar a forma de estudar, em qualquer lugar e a qualquer hora. Confira, abaixo, algumas dicas.

Guia Enem

Lançado pelo Educa Mais Brasil, o Guia Enem reúne materiais gratuitos de diversas disciplinas cobradas no Enem e em outros vestibulares. No site são disponibilizados artigos com resumos das principais áreas de conhecimento do exame. Para cada disciplina, há diferentes textos focados nas informações mais relevantes.

Além disso, o Educa tem outro projeto para quem prefere estudar com auxílio de vídeos. Em uma playlist no canal do YouTube, são disponibilizadas gratuitamente videoaulas preparadas por professores das áreas de diversas áreas do conhecimento. As aulas são curtas, mas bem objetivas, com conteúdos das áreas de História, Gramática, Literatura, Interpretação Textual, Redação, Química, Língua Portuguesa, Matemática, Física e muito mais.

Leia Também:  Foco na educação: Conhecimento, nunca é demais.

Confira uma lista com playlists para estudar no YouTube:

  • Física Total, com o professor Ivys Urquiza
  • Redação e Gramática Zica, com o professor Pamba
  • Enem por Mateus Prado
  • Oficina do Estudante
  • Vestibulandia, com o professor Nerckie
  • Biologia Total, com o professor Paulo Jubilut
  • YouTube Edu, parceria do Google e a Fundação Lemann

Quer mais opções de canais e aplicativos gratuitos para estudar para o exame? Confere a lista.

Redação Nota 1000

Esse aplicativo é focado na redação do Enem. Ele exibe temas de redações anteriores do exame, produções textuais de estudantes que conquistaram nota mil, instruções em um passo a passo para a elaboração do seu texto, possíveis temas para as próximas provas do Enem, competências avaliadas durante a correção, citações que podem ser utilizadas, erros comuns, correções comentadas, entre outras ferramentas.

RevisApp

Esse aplicativo divide as matérias em quatro categorias: Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Matemática e, dentro de cada uma delas, exibe os assuntos que mais costumam aparecer no Enem. O app oferece resumos práticos, o que é uma boa opção para quem já estudou o conteúdo e quer revisar a matéria. Por isso, a melhor opção é utilizá-lo em conjunto com outros aplicativos dessa lista.

Leia Também:  FOCO NA EDUCAÇÃO - Avamec disponibiliza especializações lato sensu gratuitas para professores

Easy Study

O Easy Study é um aplicativo que irá te ajudar a criar uma rotina perfeita de estudos. O app oferece a possibilidade de informar quais matérias o estudante deseja estudar mais com a opção de criar um planejamento com os assuntos que deseja se dedicar em cada dia. Isso ajuda a otimizar o tempo e facilita a organização dos conteúdos.  É possível também ter acesso ao histórico de estudos para analisar as horas e materiais já revisados.

Questões ENEM

É um aplicativo bem prático, que exibe na página inicial as matérias divididas por seis categorias: Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática, Linguagens e Códigos, Inglês e Espanhol. O estudante tem acesso gratuito a simulados, videoaulas, resumos de todos os assuntos e muito mais. Para incentivar a preparação para o Enem, o aluno recebe medalhas a cada número de questões respondidas, resumos lidos e aulas assistidas.

Estuda.com ENEM e Vestibular

Nesse aplicativo, o estudante conta com quatro modalidades diferentes: simulados, desafios, questões e provas do Enem das edições anteriores. O app também permite o acesso gratuito a videoaulas, temas de redação, resumos de conteúdos e simulador de aprovação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), tudo isso na seção “Material Extra”.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA