BRASÍLIA

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NOS ESTUDOS!Codifique: curso de programação da USP para alunos do ensino médio abre inscrições.

Publicados

FOCO NA EDUCAÇÃO

Podem se inscrever estudantes de todo o Brasil; aulas serão pela internet O Projeto Codifique, da Universidade São Paulo (USP), recebe até o dia 10 de maio inscrições de estudantes do ensino médio de todo o Brasil para o curso gratuito de programação básica. Ao todo, serão oito aulas, sempre ministradas às quartas-feiras, das 16h até 17h, pela plataforma Google Meet.A primeira aula está programada para o dia 19 de maio e, a última, no dia 7 de julho. As inscrições devem ser feitas através do preenchimento do formulário. Durante a formação serão abordadas temáticas referentes à lógica e resolução de problemas. Os conceitos de programação básica serão dados através da linguagem JavaScript. Os alunos que concluírem o curso com 70% ou mais tarefas concluídas receberão um certificado oficial da USP. Além das atividades que serão propostas a cada aula para fixação, haverá monitoria em três diferentes horários – que serão informados futuramente. Ao finalizar o curso, os alunos deverão implementar um pequeno projeto de programação com base no que foi estudado. Segundo a equipe organizadora do projeto, não é necessário nenhum conhecimento prévio de programação para participar. É exigido, apenas, que o aluno tenha a um computador com internet para acompanhar as aulas e um celular com acesso ao WhatsApp. A estudante de Ciência de Computação e uma das coordenadoras do projeto, Ana Laura Chioca Vieira, explica que a inscrição não garante uma vaga no curso, pois o número de vagas oferecidas dependerá de quantos monitores voluntários estarão disponíveis para atender aos inscritos. Gabriela Chavez, outra coordenadora do curso, ressalta ainda que que o Codifique não é um curso profissionalizante nem de informática ou de inclusão digital, mas uma formação para aqueles que querem descobrir um pouco mais sobre inclusão. “Entraremos em contato com os alunos inscritos para confirmar a matrícula através do e-mail fornecido. Caso alguém não seja selecionado, ficará em uma lista de espera aguardando uma vaga ser aberta”, explica. O Codifique é um projeto realizado pelo Programa de Educação Tutorial (PET) Computação, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos (SP). O curso foi oferecido presencialmente até 2019. Por conta da pandemia, agora está no formato on-line para se adequar ao contexto do ensino remoto emergencial. Fonte: Agência Educa Mais Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foco nas oportunidades! 42º CIVEBRA – Curso Internacional de Verão – Escola de Música de Brasília
Propaganda

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NA EDUCAÇÃO – Inep divulga resultados da primeira etapa do Revalida 2022

Inscrições dos aprovados para segunda etapa começam na amanhã

Publicados

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou a consulta do resultado da primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2022. Quem for aprovado nesta etapa poderá se inscrever, a partir de amanhã (13), na segunda.

A primeira parte do exame foi aplicada no dia 6 de março em oito cidades. Também estão disponíveis no  Sistema Revalida as respostas sobre os recursos referentes aos resultados preliminares da prova discursiva.

Os candidatos aprovados na prova teórica que reprovaram na parte prática das edições 2020 ou 2021 do Revalida também podem se inscrever diretamente na etapa de habilidades clínicas do Revalida 2022.1. A aplicação ocorrerá nos dias 25 e 26 de junho.

Sobre o Revalida

Aplicado desde 2011 pelo Inep, o Revalida busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. O exame é composto por duas etapas (teórica e prática) que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

Leia Também:  FOCO NA CARREIRA! I Simpósio de Secretariado Executivo do IFB

Para participar da segunda etapa, é necessário ter sido aprovado na primeira, que contempla as provas objetiva e discursiva. As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional. O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

* Com informações do Ministério da Educação

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA