BRASÍLIA

FOCO NA EDUCAÇÃO

O que você faria para conquistar uma vaga de emprego?

Publicados

FOCO NA EDUCAÇÃO

Gleiciane Vila Nova, enfermeira recém-formada e moradora de Planaltina, sem experiência na área da saúde, cansou-se de ver as portas fechadas diante dos processos seletivos. Para sair da fila do desemprego, ela e a irmã Íris decidiram inovar e fizeram um faixa com o seguinte pedido: “Precisamos de emprego”. As duas ficaram próximo a um shopping da capital federal durante três dias. O pedido de emprego teve uma repercussão nos principais jornais do Distrito Federal, e a reportagem sobre a história de Gleiciane Vila Nova, chamou atenção da assessora estratégica do Departamento de Gestão de Pessoas do Grupo Med Mais, Laisse Santos, que percebeu que havia uma vaga em aberto na empresa para a área de Enfermagem e a convidou para participar do processo seletivo. A candidata participou de todas as etapas de seleção, e no dia 24 de agosto teve a carteira assinada. Há dois anos ela esperava conseguir uma oportunidade de trabalhar na área de Enfermagem. Ficou muito grata e emocionada com o resultado da sua atitude! “Eu e minha irmã fomos para as ruas com o objetivo de lutar pelos nossos sonhos. Nessa caminhada, percebi que as empresas gostam de candidatos que tenham atitude. Eu sou muito grata pela chance que tive ao ser acolhida pela Med Mais, em dar oportunidade para quem não tem experiência. Eles acreditaram no meu potencial, mesmo sem me conhecer”. O diretor do Departamento de Gestão de Pessoas do Grupo Med Mais, Henrique Ferreira, avalia que o mercado de trabalho no Brasil passa por uma reinvenção, pois na medida em que há um índice alto de desemprego, as empresas apostam em talentos. “O que as empresas buscam é talentos e posturas ativas, de pessoas que arregacem as mangas e façam acontecer. Para recrutar um talento, a gente precisa ver muito além do currículo. Hoje nos recrutamentos, cada vez a gente tá aguçando esse processo de seleção para trazer as pessoas com mais sinergia para as instituições”. Henrique comenta que a missão do Departamento de Gestão de Pessoas do Grupo Med Mais é fazer gente feliz. “E para fazer gente feliz tem uma série de questões que de fato permeiam 100% dentro dos nossos valores. E um dos valores que faz muito sentido é a fé. E a candidata Gleiciane teve fé, que tendo uma atitude de sair de casa e de se expor frente as outras pessoas ela iria conseguir uma oportunidade de trabalho. Ela acreditou no impossível, e hoje o Grupo Med Mais a selecionou. Além da fé, outros valores que estão em nosso código cultural é a gratidão e de prazer em pertencer, porque nós acreditamos nela. Conquiste a sua vaga Para o especialista em Gestão de Pessoas, Henrique Ferreira, estar desempregado é uma condição, e isso é um estado atual que cada pessoa pode mudar, e para ajudar os candidatos a conquistarem um emprego, ele dá três dicas importantes: 1) Tenha propósito: defina o seu objetivo profissional e saiba aonde você quer chegar; 2) Estude as empresas pelo qual você quer fazer parte; 3) Tenha atitude: vá atrás das oportunidades. Saia do papel de ser vítima do desemprego. Seja protagonista. Tenha atitude, faça a diferença que a vaga é sua! Primeiro emprego O Grupo Med Mais possui em seu DNA um programa de integração, desenvolvimento e treinamento de pessoas, e por isso, quem não possui experiência tem a oportunidade de ser inserida no mercado de trabalho. Quer fazer parte do nosso time? Envie o seu currículo para: rh@medmais.com . Sobre a Med Mais O Grupo Med Mais é uma empresa que atua no mercado de prestação de serviços há mais de 11 anos e possui 11 filiais dimensionadas em estados importantes da federação. O Grupo Med Mais conta com duas frentes de trabalho, uma voltada para Medicina e Segurança do Trabalho e outra para serviços médicos de Urgência e Emergência. Entre as áreas de atuação, o Grupo Med Mais presta serviços em: aeroportos, ferrovias, rodovias, portos, refinarias, mineradoras, turismo náutico, entretenimento, educação, entidades privadas, economia mista e órgãos públicos. Mais informações: www.medmais.com .

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foco na educação! Aplicativo finlandês para alfabetização chega ao Brasil com aval do MEC
Propaganda

FOCO NA EDUCAÇÃO

FOCO NA EDUCAÇÃO – Enem 2022: opção da versão impressa ou digital da prova deve ser feita na inscrição

No ato da inscrição, o estudante precisa sinalizar a opção desejada

Publicados

em

Com a aproximação do fim do prazo das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que podem ser feitas até 27 de maio, muitos estudantes ainda têm dúvidas sobre a diferença das versões impressa e digital do exame. Tal preferência deve ser sinalizada no momento da inscrição e após o preenchimento do formulário não é permitido trocar de opção.  Pela primeira vez, os participantes não isentos poderão efetuar o pagamento da taxa de inscrição de R$85 – o mesmo do ano passado – por meio de cartão de crédito e Pix, até o dia 27 de maio.

As duas versões da prova, a impressa e digital, serão aplicadas nos mesmos dias, em 13 e 20 de novembro. Elas contam com questões iguais, mesmo tema de redação e tempo de realização. A versão impressa pode ser feita por qualquer pessoa, inclusive os alunos chamados ‘treineiros’, ou seja, aqueles que não vão concluir o Ensino Médio este ano ou que ainda não estão cursando essa etapa.

Já a participação na versão digital é exclusiva para quem já concluiu o Ensino Médio ou que está concluindo essa etapa neste ano. O atendimento especializado é o mesmo nas duas versões do Enem 2022. As provas do Enem digital 2022 serão aplicadas em locais definidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), sob as mesmas condições de segurança e sigilo.

Leia Também:  FOCO NA EDUCAÇÃO- 2 edição do concurso literário infantil Dia da Criança Autora recebe inscrições

A redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão tradicional do exame. A previsão é que, até 2026, o Enem será aplicado integralmente digital. Ou seja, a versão impressa será extinta.

A estudante Laiane Fonseca, 18 anos, já se inscreveu e optou pela versão impressa da prova. Para ela, não há diferença nas duas opções e a forma tradicional passa mais segurança. “Eu me inscrevi logo nos primeiros dias. Eu fiz o exame no ano passado e neste ano vou fazer novamente para testar meus conhecimentos. Pensei em fazer a versão digital, mas optei pela impressa mesmo. Estou na expectativa para os dias das provas”, afirma.

Para a próxima edição, o Inep aceitará documentos digitais de identificação nos locais de prova, como: e-Título, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital e RG Digital. O candidato deve apresentar o aplicativo oficial ao fiscal e capturas de tela não serão válidas. Após a entrada na sala de aula, o uso do celular continuará vetado.

Neste ano, foram liberadas 101.100 vagas para o Enem Digital, que são preenchidas por ordem de inscrição. Uma vez esgotado o limite por cidade, acaba a chance de participar dessa versão. Com questões inéditas, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no primeiro dia de inscrição, a edição de 2022 atingiu a marca de 1 milhão de inscritos.

Leia Também:  FOCO EDUCAÇÃO-Após demissão do diretor do Enem Digital Inep diz: estudantes não serão prejudicados

Cronograma do Enem 2022

  • Inscrições para o Enem 2022: 10 a 21 de maio de 2022
  • Prazo para pagamento da taxa de inscrição: 10 a 27 de maio de 2022
  • Solicitação de atendimento específico e especializado: 10 a 21 de maio de 2022
  • Solicitação de uso do nome social: 23 a 28 de junho de 2022
  • Divulgação dos locais da prova: prazo ainda não informado
  • Aplicação das provas do Enem 2022: 13 e 20 de novembro de 2022

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA