BRASÍLIA

FOCO NAS NOTÍCIAS

DF abre concurso para contratação temporária de brigadistas

Publicados

FOCO NAS NOTÍCIAS

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram-DF) abriu inscrições para o processo seletivo simplificado que vai contratar, de forma temporária, 150 brigadistas de combate a incêndios florestais em parque e unidades de conservação da capital do país. As inscrições podem ser feitas a partir desta quarta-feira (29), na página do Ibram na internet. 

Ao todo, serão seis vagas para supervisores de brigada, 24 para chefes de brigada e 120 vagas de brigadistas de prevenção e combate a incêndios florestais. O cadastro será online e gratuito, e fica aberto até o dia 1° de julho. Haverá ainda a formação de cadastro reserva.

A remuneração mensal para brigadistas é de R$ 2.666,40; para chefes de brigada é de R$ 3.333,00 e para os supervisores de brigada, chega a R$ 3.999,60. Em todos os cargos é exigido diploma ou declaração de participação em curso de Formação de Brigada de Combate a Incêndio Florestal.

Para os cargos de chefe de brigadas e supervisores, é necessário apresentar certificado ou diploma de conclusão do ensino médio e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria B ou superior. Para os brigadistas de prevenção e combate a incêndios florestais, um dos pré-requisitos é ser pelo menos alfabetizado. Acesse aqui o edital.

Leia Também:  Duas pessoas morrem em novo acidente no Lago de Furnas

Ao todo, o Ibram gere 82 unidades de conservação espalhadas pelo DF. Os brigadistas temporários poderão trabalhar ainda em outras áreas e em parceria com o Corpo de Bombeiros.

Até o último dia 6 de junho de 2022, o Programa de Monitoramento de Áreas Queimadas nos Parque e Unidades de Conservação (PROMAQ), do Ibram, registrou um total de 106 ocorrências de incêndio florestais e uma área queimada total de pouco mais de 334 hectares. No ano passado, até outubro, foram 542 ocorrências e 2.324 hectares de área queimada no DF. O período mais crítico para a ocorrência de incêndios é justamente durante a estação seca, que vai de maio até meados de outubro. Os meses de agosto e setembro costumam ser os que registram o maior número de ocorrências. 

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

FOCO NAS NOTÍCIAS

Consulado dos EUA atende familiares de turista morto no Rio

Publicados

em

Por

O Consulado-geral dos Estados Unidos (EUA) no Rio de Janeiro ofereceu condolências à família e confirmou a morte do turista americano Joseph T. Thomas, na madrugada de hoje (12) no Hospital Samaritano Botafogo, na zona sul do Rio e informou que está prestando o atendimento consular aos parentes dele naquele país. O americano veio passar férias no Brasil e desde o dia 6 de julho estava hospedado na casa da diarista Célia Lopes da Silva, 48 anos.

“Oferecemos nossas mais sinceras condolências à família pela perda e estamos fornecendo toda assistência consular apropriada. Em respeito à privacidade da família neste momento difícil, não temos comentários adicionais”, informou em nota.

Os amigos brasileiros dizem que era um rapaz tranquilo e gostava muito do Brasil, amor demonstrado na camisa onde escreveu que o Brasil é o melhor país do mundo. “Parece até por ironia”, disse Célia em entrevista à Agência Brasil.

Célia contou que o jovem foi apresentado à família pelo ex-namorado da sua filha Bianca Silva de Souza, de 26 anos, Mikael Valentim de Oliveira, 23 anos, a quem considera como um filho também. Depois da morte da avó, Mikael passou a morar na casa da família. “O Trey veio para conhecer a gente. Tem mais de quatro anos que tinha amizade com Mikael”, disse, acrescentando que essa foi a primeira vez que Trey se hospedou com a família.

Leia Também:  TV Brasil estreia A Terra Prometida nesta terça-feira

“Torcedor do Flamengo, escreveu Treyzinho na parte de trás da camisa do clube do coração, em alusão a Trey que representa o T. do seu nome e que trouxe na mala na vinda para o Rio de Janeiro. “Ele era flamenguista e a gente estava fazendo planos de assistir ao jogo do Flamengo no Maracanã”, disse Célia.

Célia contou que o jovem foi apresentado à família pelo ex-namorado da sua filha Bianca Silva de Souza, de 26 anos, Mikael Valentim de Oliveira, 23 anos, a quem considera como um filho também. Depois da morte da avó, Mikael passou a morar na casa da família. “O Trey veio para conhecer a gente. Tem mais de quatro anos que tinha amizade com Mikael”, disse, acrescentando que essa foi a primeira vez que Trey se hospedou com a família.

Em 2017, o jovem tinha vindo para o Brasil para fazer intercâmbio por um período de sete meses. Nos Estados Unidos o americano dava aula de português, idioma que reforçava com Mikael, enquanto ensinava inglês para o amigo.“Todos os dias eles se falavam pela internet”, acrescentou.

Célia disse que ontem à noite a morte cerebral do Joseph já tinha sido confirmada e eles foram se despedir dele no hospital. “A gente foi ver ele lá no hospital e se despediu porque quando cheguei lá ontem à noite o cérebro dele já tinha parado e a Bianca já tinha falado com a mãe dele.

Leia Também:  Vacina contra covid será liberada para pessoas acima de 50 anos

Segundo Célia, integrantes do consulado americano no Rio estiveram no hospital e Mikael devolveu documentos do amigo que estavam com ele, inclusive cartão de crédito. “A mãe dele falou que algumas coisas que estão lá em casa vão ficar com o Mikael, são roupas, o telefone”, comentou.

“Eu estou indo para o trabalho porque é muita tristeza ficar lá em casa. Mikael foi trabalhar e Bianca também. Não tinha mais nada a fazer e a gente tem que voltar ao nosso ritmo, embora a tristeza tomando conta, mas a gente tem que continuar porque tem compromisso e não podemos deixar as pessoas na mão”, completou.

A diarista contou que a família recebeu uma ligação hoje de manhã informando que o jovem tinha falecido e o corpo seria levado para o Instituto Médico Legal (IML) do Rio. “O Consulado esteve lá e ia agilizar tudo com o Hospital Samaritano. Eles permitiram o Mikael, a Bianca e eu irmos lá, porque a família estava em Los Angeles e era a única família que ele tinha aqui. A gente era amigo”, finalizou. 

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA