BRASÍLIA

FOCO NAS NOTÍCIAS

Lançada a rota turística Via Liberdade

Publicados

FOCO NAS NOTÍCIAS


Foi oficializada nesta terça-feira (26) a rota turística Via Liberdade, trajeto que soma 1.190 quilômetros e passa pelos estados do Rio de Janeiro, de Minas Gerais, Goiás e o Distrito Federal, tendo como referência a BR 040.

A Via Liberdade passa por mais de 300 cidades, envolvendo manifestações culturais dos estados, como gastronomia, música, dança e acervos artísticos em museus e igrejas.

A Via Liberdade nasce no Rio de Janeiro, na Avenida Brasil, e incorpora sete patrimônios culturais da humanidade – o Cais do Valongo e o Sítio Burle Marx, no Rio de Janeiro; Ouro Preto (Serra do Espinhaço), Congonhas e Pampulha, em Minas Gerais; o Caminho de Goiás e Brasília -, além da Grande Sertão Veredas e o Rio São Francisco.

Na música, o trajeto passa por artistas históricos como Chiquinha Gonzaga, Villa-Lobos, Clube da Esquina, música sertaneja e o rock de Brasília.

Segundo o governo de Minas Gerais, o lançamento tomou como referência o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, defendeu que a BR 040 seja conhecida em breve como Via Liberdade. “Em São Paulo, temos a Via Anhanguera, Imigrantes, e por que não termos em Minas Gerais a Via Aleijadinho, a Via Tiradentes e a Via JK? Tenho certeza que será melhor que números”, defendeu.

Leia Também:  Parques de SP promovem vacinação contra Covid neste domingo; veja

O secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas de Oliveira, destacou que a Via Liberdade “dá territorialidade” à outra rota, a Via Real. Ele ressaltou a importância da rota para valorizar o projeto de nação representado no interior do país.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

FOCO NAS NOTÍCIAS

Brasil tem 12,6 mil novas infecções por covid-19 em 24h

Publicados

em

Por

source
O governo federal empenhou quase R$ 34,3 bilhões para a compra de cerca de 650 milhões de imunizantes
James Gallagher – Reporter de ciência de saúde

O governo federal empenhou quase R$ 34,3 bilhões para a compra de cerca de 650 milhões de imunizantes

O Brasil registrou 12.613 novos casos de covid-19 em 24 horas em todo o país. De acordo com as secretarias estaduais e municipais, foram confirmadas 99 mortes por complicações associadas à doença. Os dados estão na atualização do Ministério da Saúde divulgada neste domingo.

Com os novos dados, o total infecções pelo novo coronavírus durante a pandemia chegou a 30.791.220. O número de casos de covid-19 em acompanhamento está em 293.574.

Com os números de hoje, o total de mortes chegou a 665.627. Ainda há 3.212 mortes em investigação. As ocorrências envolvem casos em que o paciente faleceu, mas a investigação sobre a causa, se foi covid-19, ou não, ainda demanda exames e procedimentos complementares.

Leia Também:  Catarata: cientistas criam remédio que pode substituir cirurgia

Até agora, 29.832.019 pessoas se recuperaram da covid-19, o que corresponde a 96,9% dos infectados desde o início da pandemia.

Pesquisa inédita no Brasil busca novas variantes da covid-19 no país
Reprodução: BBC News Brasil

Pesquisa inédita no Brasil busca novas variantes da covid-19 no país

De acordo com o boletim, o Distrito Federal e sete estados não atualizaram os dados neste domingo: Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima e Tocantins.

Neste domingo, chegou ao fim o estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin), decretado em função da pandemia de covid-19.

A portaria com a decisão foi assinada pelo ministro da Saúde , Marcelo Queiroga, em 22 de abril, e previa 30 dias para que estados e municípios se adequassem à nova realidade.

A decisão do governo brasileiro foi tomada com base do cenário epidemiológico mais arrefecido e o avanço da Campanha de Vacinação no país. Segundo o Ministério da Saúde , apesar da medida, nenhuma política pública de saúde será interrompida.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA