BRASÍLIA

FOCO NAS NOTÍCIAS

No Paraná, presidente visita trecho da Estrada Boiadeira em Umuarama

Publicados

FOCO NAS NOTÍCIAS

O presidente Jair Bolsonaro visitou hoje (3) um trecho da BR-487, a Estrada Boiadeira em Umuarama que passa por processo de obras para restauração, implantação e pavimentação: um investimento de R$ 232,8 milhões.

Considerada importante para o agronegócio, principalmente para o escoamento de safra, a revitalização da Estrada Boiadeira é uma demanda antiga da região. Ao todo, as obras contemplam 46,91 quilômetros de implantação de asfalto, com início na divisa do Paraná com o Mato Grosso do Sul, no distrito de Porto Camargo, em Icaraíma, até Umuarama, na região noroeste.

O pacote contempla ainda dois contornos, em Santa Eliza e Icaraíma, e obras de arte especiais, com investimento total de R$ 232,8 milhões, originários de um convênio com a Itaipu Binacional.

A expectativa é de que a revitalização da Estrada Boiadeira seja concluída nos próximos cinco anos, com mais de 150 quilômetros no estado.

Agenda

Na tarde de hoje, Bolsonaro continua no Paraná onde visitará as obras da Ponte de Integração Brasil-Paraguai, em Foz do Iguaçu.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Câmara aprova redução imposto para operações de arrendamento de aviões
Propaganda

FOCO NAS NOTÍCIAS

Número de estupros de LGBTQIA+ cresceu 88% em 2021

Publicados

em

Por

Os crimes de estupro contra a população LGBTQIA+ cresceram 88,4% entre os anos de 2020 e 2021, revelou hoje (28) o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, documento elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em números absolutos, o registro dos estupros passou de 95 notificações em 2020 para 179 no ano passado. O número real de casos, no entanto, deve ser ainda maior porque foram computadas apenas as informações fornecidas pelas secretarias de Segurança Pública estaduais e pelas polícias.

O balanço, por exemplo, não computa dados de estados como São Paulo, Bahia, Maranhão, Minas Gerais e Rio de Janeiro, que não forneceram ou não dispõe de informações detalhadas sobre o tema. Além disso, há que se considerar também a subnotificação dos casos já que muitas pessoas não registram a violência das quais foram vítimas.

Na contramão dos dados nacionais que revelaram queda no número de mortes intencionais, os assassinatos de pessoas LGBTQIA+ registraram crescimento de 7,2% no ano passado. Em 2020, o balanço computou 167 homicídios dolosos [intencionais] contra essa população. Em 2021, foram computadas 179 mortes. O número deve ser ainda maior já que diversos estados deixaram de divulgar essas informações.

Leia Também:  Cientistas mostram preocupação com possível nova variante do zika

Outro crime que também apresentou alta estatística foi a lesão corporal dolosa contra as pessoas LGBTQIA+, que passou de 1.271 notificações para 1.719, um crescimento de 35,2%.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA