BRASÍLIA

FOCO NAS NOTÍCIAS

Ventania provoca morte de idosa em Macaé, no norte fluminense

Publicados

FOCO NAS NOTÍCIAS

A ventania causada pela passagem de um ciclone extratropical pelo estado do Rio provocou a morte da idosa Creuza Maria da Silva, de 73 anos, em Macaé, no norte fluminense. Ela foi atingida, na tarde de ontem (11), por uma parte do muro do estacionamento de um prédio comercial no centro da cidade, que despencou com os ventos fortes. Segundo a Defesa Civil do município, os ventos chegaram a 75 km/h. Creuza chegou a ser levada para o Hospital Público Municipal (HPM), mas não resistiu aos ferimentos e teve a morte confirmada na tarde de hoje (12).

A idosa era integrante da Guarda Sênior de Macaé, um programa criado pelo município desenvolvido pelo Núcleo de Proteção ao Idoso. De acordo com a prefeitura, os integrantes atuam como orientadores da população em locais como praças e no calçadão da Avenida Rui Barbosa, assim como nas escolas municipais e outros órgãos, como Polícia Federal.

“A Prefeitura de Macaé comunica com pesar o falecimento da integrante da Guarda Sênior, Creuza Maria da Silva, 73 anos. Conhecida pela simpatia e dedicação, Creuza Maria atuava há nove anos na Escola Municipal Paulo Freire, no Lagomar. Neste momento de dor, a gestão municipal se solidariza com familiares e amigos, e expressa as mais sinceras condolências”, comunicou a prefeitura, em nota de pesar.

Leia Também:  Covid: doença foi a 4ª causa de mortes no Brasil no primeiro semestre

Uma perícia será realizada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público Estadual para emitir um laudo completo sobre o acidente.

Rio

A passagem do ciclone ontem na capital com ventos fortes que chegaram a 93,6 km/h na estação Forte de Copacabana, na zona sul do Rio, resultou em 26 quedas de árvores, algumas atingindo a rede de alta tensão e provocando interrupção de energia em bairros da cidade. A remoção das árvores e galhos foi feita por equipes da Comlurb e profissionais da Light trabalharam para a recuperação dos serviços de energia.

Em comunicado, a Marinha alerta para aviso de ressaca no mar com ondas que podem chegar a 4 metros. O alerta fica em vigor até as 21h de hoje. 

De acordo com o Alerta Rio, ventos úmidos do oceano manterão hoje o tempo instável na cidade do Rio de Janeiro. “A cobertura do céu vai variar entre nublado e encoberto e há previsão de chuva fraca a moderada de forma isolada no período da manhã. Os ventos estarão fracos a moderados e as temperaturas permanecerão estáveis, com mínima de 12°C e máxima de 20°C”.

Leia Também:  Reino Unido quer exigir prescrição médica para preenchimento labial

Entre amanhã (13) e terça-feira (16), a previsão do Alerta Rio é de céu claro a parcialmente nublado e sem previsão de chuva. As temperaturas apresentarão elevação gradualmente.

Normalidade

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio (COR), o município do Rio voltou ao estágio de normalidade às 10h30, de hoje (12), por causa da ausência de chuva moderada para as próximas três horas. A previsão é de chuva fraca isolada até o final da manhã. Desde 0h40 de quarta-feira (10), o município estava em estágio de mobilização por causa das condições do tempo na capital.

“O estágio de normalidade é o primeiro de uma escala de cinco e significa que não há ocorrências de grande impacto. Neste estágio podem ocorrer pequenos incidentes, mas que não interfiram de forma significativa na rotina do cidadão”, informou o COR.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

FOCO NAS NOTÍCIAS

Domingo de eleição terá pancadas de chuva em boa parte do país

Publicados

em

Além da documentação exigida para o voto, o eleitor brasileiro deve preparar também o guarda-chuva. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para o próximo domingo (2), dia de primeiro turno, é de pancadas de chuva em boa parte do país.

Em entrevista à Agência Brasil, o meteorologista Heráclio Alves explicou que os quatro estados do Sudeste devem registrar chuva no dia do pleito. A previsão é de temporais mais intensos em Minas Gerais, incluindo a capital Belo Horizonte, onde o tempo deve permanecer fechado.

Centro-Oeste, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal devem registrar muitas nuvens e pancadas de chuva a qualquer hora do dia. Os horários de temperatura mais alta, segundo o meteorologista, aumentam as chances de chuva, principalmente à tarde.

No Norte, exceto no Tocantins, o domingo também deve ser de chuva e alta umidade. Há chances de pancadas de chuvas mais intensas em Rondônia, no Acre e em Roraima, incluindo as respectivas capitais.

Sul e Nordeste são as únicas regiões do país que devem registrar pouca nebulosidade e pouca chuva no dia de hoje, com predomínio de tempo ensolarado.

Leia Também:  Covid: doença foi a 4ª causa de mortes no Brasil no primeiro semestre

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA