BRASÍLIA

FOCO NAS NOTÍCIAS

Virada Sustentável celebra Dia do Meio Ambiente em São Paulo

Publicados

FOCO NAS NOTÍCIAS

Segue até amanhã (3), na zona sul da capital paulista, a Virada Sustentável. O evento é promovido pela Secretaria Municipal de Saúde em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, lembrado no próximo domingo (5). As ações ocorrem de forma simultânea nos centros educacionais unificados (Ceus) dos bairros Vila do Sol, Guarapiranga, Capão Redondo, Chácara Santa Maria e Jardim Eledy.

As atividades envolvem palestras, exposições, oficinas e rodas de conversa. Serão abordados temas que fazem parte do Programa Ambientes Verdes e Saudáveis (Pavs), entre eles: biodiversidade e arborização; água, ar e solo; gerenciamento de resíduos sólidos; agenda ambiental na administração pública; horta e alimentação saudável e revitalização de espaços públicos.

Além das atividades relacionadas à educação ambiental, também serão realizadas práticas integrativas e complementares em saúde, como dança circular, zumba, coral, automassagem e apresentações musicais.

Durante o mês de junho, a secretaria de Saúde vai desenvolver outras atividades nas demais regiões da capital, com o envolvimento de cerca de 330 equipamentos de saúde. Entre os temas atividades a serem realizadas, estão conversas sobre hábitos alimentares e consumo de plantas alimentícias não convencionais (Pancs), feiras de sustentabilidade e palestras sobre o descarte correto de resíduos sólidos.

Leia Também:  Autorizada nomeação de aprovados dos concursos do Ibama e ICMBio

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

FOCO NAS NOTÍCIAS

Número de estupros de LGBTQIA+ cresceu 88% em 2021

Publicados

em

Por

Os crimes de estupro contra a população LGBTQIA+ cresceram 88,4% entre os anos de 2020 e 2021, revelou hoje (28) o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, documento elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em números absolutos, o registro dos estupros passou de 95 notificações em 2020 para 179 no ano passado. O número real de casos, no entanto, deve ser ainda maior porque foram computadas apenas as informações fornecidas pelas secretarias de Segurança Pública estaduais e pelas polícias.

O balanço, por exemplo, não computa dados de estados como São Paulo, Bahia, Maranhão, Minas Gerais e Rio de Janeiro, que não forneceram ou não dispõe de informações detalhadas sobre o tema. Além disso, há que se considerar também a subnotificação dos casos já que muitas pessoas não registram a violência das quais foram vítimas.

Na contramão dos dados nacionais que revelaram queda no número de mortes intencionais, os assassinatos de pessoas LGBTQIA+ registraram crescimento de 7,2% no ano passado. Em 2020, o balanço computou 167 homicídios dolosos [intencionais] contra essa população. Em 2021, foram computadas 179 mortes. O número deve ser ainda maior já que diversos estados deixaram de divulgar essas informações.

Leia Também:  PM retira 100 famílias de hotel em São Paulo em reintegração de posse

Outro crime que também apresentou alta estatística foi a lesão corporal dolosa contra as pessoas LGBTQIA+, que passou de 1.271 notificações para 1.719, um crescimento de 35,2%.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA