BRASÍLIA

FOCO NO PODER

FOCO NO PODER – ELEIÇÕES 2022 – Quem são os pré-candidatos ao Senado pelo Distrito Federal em 2022.

Publicados

FOCO NO PODER - ELEIÇÕES 2022.

A definição dos pré-candidatos para as eleições ao Senado pelo Distrito Federal (DF) ainda está embaralhada, assim como no Rio de Janeiro e em São Paulo.

No lado da esquerda, há até mais de um nome cotado pelo mesmo partido: Rosilene Correa e Geraldo Magela, do PT. Pela direita, aliadas do presidente Jair Bolsonaro disputam a preferência das chapas: Flávia Arruda (PL) e Damares Alves (Republicanos). Com isso, podem dividir votos com outros campos da centro-direita.

Ao mesmo tempo, a corrida ao Palácio do Buriti também contribui para as indefinições: aliados do senador Antônio Reguffe (União-Brasil), como a deputada federal Paula Belmonte (Cidadania), esperam saber a qual cargo ele vai se candidatar para se posicionarem no tabuleiro eleitoral.

Nas Eleições de 2022, os brasilienses vão escolher apenas um novo senador, para a cadeira de Reguffe, que ficará vaga em dezembro.

Confira a lista com os possíveis candidatos ao Senado pelo DF nestas eleições

Flávia Arruda (PL)

A empresária de 42 anos, nascida no Distrito Federal, é formada em Educação Física e Direito. Casada com o ex-governador José Roberto Arruda, Flávia Arruda foi primeira-dama do DF até 2010, quando o marido foi preso no âmbito da Operação Caixa de Pandora. Na eleição passada, Flávia foi eleita deputada federal pelo PR e se licenciou do cargo para se tornar ministra da Secretaria de Governo no Palácio do Planalto. Presidente do PL no DF, partido ao qual se filiou em março, ela deixou a pasta em abril para disputar as eleições deste ano e deve ser a candidata do partido ao Senado pelo DF.

Damares Alves (Republicanos)

A advogada e pastora evangélica Damares Alves tem 58 anos e nasceu em Paranaguá (PR), mas cresceu em Sergipe. Em Brasília, foi assessora parlamentar de integrantes da bancada evangélica no Congresso Nacional, como o ex-senador Magno Malta e o ex-deputado federal Arolde de Oliveira. Atuou ainda como assessora jurídica na Câmara dos Deputados. Em 2019, foi nomeada pelo presidente Jair Bolsonaro ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, cargo ao qual renunciou para concorrer no pleito de outubro. Deve ser a candidata do Republicanos ao Senado pelo DF.

Leia Também:  FOCO NO PODER - ELEIÇÕES 2022 - EDITORIAL

Paula Belmonte (Cidadania)

Paula Belmonte tem 48 anos e nasceu em São Paulo (SP). Empresária, formou-se em administração antes de ingressar na carreira política. Belmonte foi eleita deputada federal em 2018 pelo antigo PPS, legenda que trocou de nome para Cidadania. Em abril, ela foi escolhida para presidir o diretório regional do partido. Belmonte faz oposição ao governador Ibaneis Rocha e pode ser candidata do Cidadania ao Senado pelo DF nas eleições 2022.

Paulo Octávio (PSD)

Nascido em Lavras (MG), Paulo Octávio, 72 anos, é empresário do setor imobiliário, e casado com Anna Christina Kubitschek, neta do ex-presidente. Ele se graduou em Direito no Distrito Federal, onde mantém uma construtora. Ingressou na política em 1989, ao apoiar a candidatura de Fernando Collor à presidência. No ano seguinte, se filiou ao PRN, pelo qual foi eleito para o primeiro de dois mandatos como deputado federal. Em 2002, Paulo Octávio foi eleito senador pelo então PFL. Ele renunciou em 2006, para ser vice-governador na chapa de Arruda e assumiu o DF interinamente quando Arruda foi afastado. Paulo Octávio deve ser o candidato do PSD ao Senado pelo Distrito Federal.

Leia Também:  FOCO NO PODER - ELEIÇÕES 2022 - PROS LANÇA PRÉ CANDIDATURA DE EDMILSON BOA MORTE AO SENADO PELO DF.

Paulo Roque (Novo)

Paulo Roque é jornalista, advogado e professor universitário. Nascido em Cajuri (MG), chegou em Brasília em 1988. Atualmente mantém um programa diário na rádio JK, além do escritório de advocacia, e chegou a conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Em 2018, foi candidato ao Senado, mas perdeu o pleito. Pode novamente ser o candidato do Novo ao cargo de senador pelo Distrito Federal nas eleições 2022.

Rosilene Côrrea (PT)

Rosilene Côrrea é professora aposentada e diretora do Sindicato dos Professores no DF e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Natural de Petrolina (GO), tem 58 anos e está filiada ao PT desde 1988. Foi anunciada como pré-candidata ao governo pelo diretório regional, mas a executiva nacional do partido barrou a indicação. Com isso, Rosilene Côrrea pode ser a candidata do PT ao Senado pelo Distrito Federal.

Geraldo Magela (PT)

Geraldo Magela tem 65 anos e é natural de Patos de Minas (MG). Em 1979, mudou-se para Brasília, onde fez carreira como bancário. No ano seguinte, trabalhou na criação do Partido dos Trabalhadores e foi eleito deputado distrital em 1989, mandato para o qual foi reeleito em 1994. Assumiu a secretaria de Habitação durante o governo de Cristovam Buarque, em 1997, e no de Agnelo Queiroz, em 2011. Foi ainda deputado federal por três vezes e disputou o governo do DF em 2002, mas perdeu para Joaquim Roriz. Em 2014, perdeu a eleição para o Senado. Pode novamente ser o candidato do PT ao cargo de senador pelo DF nas eleições 2022

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

FOCO NO PODER - ELEIÇÕES 2022.

FOCO NO PODER – ELEIÇÕES 2022 – PROS LANÇA PRÉ CANDIDATURA DE EDMILSON BOA MORTE AO SENADO PELO DF.

Publicados

em

 

A movimentação foi grande na última quarta-feira, dia 22, na sede da ARUC, no Cruzeiro Velho em Brasília. O partido PROS laçou a pré candidatura de Edmilson Boa Morte ao Senado Federal.  Estiveram presentes, além do Presidente Nacional do Pros, Marcus Holanda, outros membros do partido, familiares e amigos que discursaram reafirmando Edmilson Boa Morte como uma excelente escolha. Outros membros do partido enviaram também muitas mensagens de apoio, como o Pré candidato a Deputado distrital pelo PROS, Eugenio Piedade, que é um de seus maiores apoiadores. O pre candidato à presidência da República pelo PROS, Pablo Marçal fez uma homenagem por meio de recursos  digitais, diretamente de sua residência em São Paulo para o telão montado na cerimônia.

Edmilson Boa Morte foi Vice presidente do PROS/DF, auditor fiscal e secretário nacional do multiculturalismo. Um homem simples que coloca a família em primeiro lugar.  Respeitosamente não cansa de falar sobre a mãe, em suas palavras, seu “Ouro” a qual foi pessoa determinante para toda a sua formação pessoal, profissional e na decisão de quando deveria ou não entrar para a política.

Leia Também:  FOCO NO PODER - ELEIÇÕES 2022 - PROS LANÇA PRÉ CANDIDATURA DE EDMILSON BOA MORTE AO SENADO PELO DF.

Antes do discurso oficial, Edmilson deu espaço para amigos e parceiros da longa caminhada falarem sobre essa chegada e conquista que coloca Edmilson Boa Morte como o primeiro candidato negro ao Senado por Brasília e talvez o primeiro na história do Senado Federal.

Em seu discurso oficial, Edmilson Boa Morte reiterou lealdade para com os cidadãos que representará, e emocionado disse lutar por representatividade das minorias, pela família e combater a corrupção.  Também que suas ações estarão direcionadas a pontos de infraestrutura, transporte, saúde e educação e capacitação das pessoas.

Os portais Capital em Foco e EGNews estiveram presentes na cerimônia e a jornalista Silvana Scórsin conversou com o pré candidato Edmilson Boa Morte:

– CAPITAL EM FOCO – Edmilson, agora como pré candidato oficial ao Senado pelo PROS você se sente preparado para essa missão?

Edmilson Boa Morte – Com certeza me sinto preparado, preparado para representar o povo de Brasília, representar o Brasil, um Congresso, vamos dizer, “mais corrido” , por que o Governo não vai parar comigo lá, vamos trabalhar firmemente para a população de Brasília e do Brasil.

Leia Também:  FOCO NO PODER - ELEIÇÕES 2022 - CONHEÇA O CDDF E ENTORNO E SEU PRESIDENTE EUGÊNIO PIEDADE, INSTITUIÇÃO QUE COM MENOS DE 4 ANOS DE EXISTÊNCIA JÁ PODERÁ TER SEU DEPUTADO DISTRITAL

– CAPITAL EM FOCO – Edmilson, o que você acha que um homem ou mulher deve ter para representar o povo lá na cadeira do Senado?

Edmilson – Eu acredito que o apoio do povo! Isso é o que a gente precisa. Tanto o homem negro, branco, homem ou mulher. Precisa do apoio do povo!

– CAPITAL EM FOCO – Edmilson, tem alguma figura política que te inspirou durante a sua vida?

Edmilson – Várias pessoas. Primeiramente Deus que foi quem me colocou aqui, é um chamado de DEUS. Na política, tem um cara bacana, Pablo Marçal (pré candidato a presidência da República pelo PROS) , o Marcus Holanda (Presidente Nacional do PROS) a  diretoria toda do PROS e também todos os fundadores e aqueles que acreditaram em uma mudança.

CAPITAL EM FOCO – Edmilson, você sempre foi um cidadão atuante na vida política, sempre participou, votou em todas as eleições com consciência, pesquisou sobre seus candidatos?

Edmilson – Com certeza! Sempre fui atuante, sempre votei e votei também nessa campanha.

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA