BRASÍLIA

GERAL

Foco especial! Semana Nacional da Criança Excepcional: Branca Oliveira do projeto “Saúde é Mais”

Publicados

GERAL

Postado por Silvana Scórsin do portal de guaranyjunior.com.br De 21 a 28 de agosto é celebrada a Semana Nacional da Criança Excepcional que, instituída desde 1964, sensibiliza a sociedade e instituições sobre os direitos fundamentais da criança especial. Em Belém é uma semana muito comemorada pelo projeto “Saúde é Mais”, da fonoaudióloga Branca Oliveira. Pós-graduada em saúde pública, especializada em disfagia, empresária no setor ambiental e ativista, Branca é casada e tem 3 filhos, sendo que sua filha do meio, a pequena Vitória, é portadora da Trissomia 21 (chamada de Síndrome de Down) e inspirou Branca a criar o projeto Saúde é Mais. O projeto teve inicio no final de 2009, com o objetivo de levar ações e auxílio de saúde, educação, trabalho e cidadania a todos que precisam. Nessa semana, o Saúde é Mais pretende ressaltar a necessidade de refletir sobre o dever da igualdade para inclusão. Leia a entrevista de Branca de Oliveira concedida ao portal de guaranyjunior.com.br: 1- Como surgiu o projeto Saúde É Mais?
R- Tudo começou no final de 2009, com um grupo amigos da minha igreja, onde nós doávamos cestas básicas, roupas e brinquedos na época do Natal, também era realizado cultos e estudos bíblicos. Com isso, a demanda foi aumentando a cada data comemorativa e passamos a fazer essas ações em maior quantidade e também o sopão que acontece todos os dias. Até que há quase 2 anos tivemos a ideia de dar o nome do projeto de Saúde é Mais, porque a saúde também está atrelada a educação, a sustentabilidade, a trabalho e a inclusão. 2- Quais serviços fazem parte da ação?
R- Hoje nós levamos nas ações pediatras, clínico geral, ortopedista, psicóloga, técnicas de enfermagem e enfermeiras que fazem aferição de pressão, teste de glicemia e teste de HIV; falamos sobre os cuidados e a importância de promover a saúde; damos assistência jurídica e de documentos; e levamos atividades recreativas e brindes para as crianças. Levamos também corte de cabelo, design de sombrancelha, limpeza de pele onde damos preferência aos profissionais do bairro para que divulguem seu trabalho, e por fim temos massoterapia. Nessa época de pandemia, nós oferecemos 300 bolsas de cursinho preparatório para o Enem, em parceria com a EducaFlix na plataforma EAD; doamos 6 mil kits com álcool em gel e máscaras; e agora estamos com bolsas de cursos profissionalizantes, presencial e EAD. Por fim, sempre doamos cestas básicas; ajudamos na marcação de exames, cirurgias e conseguindo leitos; atuamos com idosos e com instituições de crianças com câncer; e temos professores que dão aulas de dança. 3- Qual foi sua motivação para este projeto?
R- Eu aprendi, desde pequena, sobre a necessidade de ajudar os outros. Eu cresci em um lar adventista e com isso fui aventureira, desbravadora, sempre aprendendo a olhar o próximo. Cresci vendo a minha mãe trabalhando, construindo igreja e cuidando de crianças. Sempre trabalhamos de forma voluntária. Tenho três filhos; um de oito anos, uma de seis e uma de 1 ano e oito meses, sendo que a minha filha do meio, a Vitória, tem síndrome de Down. Através dela, esse meu lado do olhar diferente para as pessoas se aflorou ainda mais. Eu me dedico ao assistencialismo e, principalmente, a inclusão das pessoas. Sou uma grande apoiadora e ativista. 4- Quantas pessoas já foram atendidas desde o início do projeto e os bairros onde acontece?
R- O projeto atendeu mais de 15 mil pessoas entre 2010 e 2019, nos bairros do Jurunas, Terra Firme, Guamá, Parque Verde, Cabanagem, Tapanã, Cidade Velha, Bengui, em Icoaraci, entre outros distritos. Chegamos a atender 700 pessoas em uma única ação. Só na pandemia, nós distribuímos 6 mil kits com máscaras e álcool em gel. 5- Qual a importância de engajar a sociedade nos projetos de voluntariado?
R- É importante engajar a sociedade para que ela veja as dificuldades do próximo, a grande quantidade de pessoas no nosso estado passando fome, precisando de atendimento médico, sem educação adequada ou lugar para morar. E principalmente mostrar que é possível ajudarmos o próximo e fazer nossa parte para mudar essa triste realidade. 6- Para você, no que consiste inclusão e qual a importância disso?
R- Consiste na inserção de todos na sociedade. Não só as pessoas com deficiência intelectual e deficiência física, mas também a inclusão de pessoas em escolas de qualidade, no mercado de trabalho e nos serviços de saúde. Além de não excluir ninguém por preconceitos como cor e classe social. É importante respeitarmos as diferenças de cada um e tratarmos todos por iguais. 7- Quais os planos futuros para o projeto?
R- Os planos são de expandir; aumentar a quantidade de pessoas atendidas, ter mais profissionais envolvidos, maior variedade de benefícios, levar o projeto para mais municípios. E já estamos realizando esse desejo! Nosso sonho é ter um local físico onde o projeto irá funcionar. Nos próximos dias 5 e 6 de setembro acontecerá mais uma ação do Saúde é Mais, projeto que foi motivado pelo amor e cresce com a determinação e solidariedade de pessoas de bem, que almejam uma sociedade mais sensível e justa para todos as pessoas. O projeto está de portas abertas para quem quiser ser voluntário e sempre aceita doações de brinquedos e cestas básicas. Serviço:
Para mais informações ou para fazer parte do projeto, siga o perfil do Instagram @projetosaudeemais ou entre em contato pelo telefone (91) 98205-0074. Acompanhe @brancaoliveirabelem no Instagram e Facebook para conhecer mais a nossa entrevistada de hoje neste portal. Créditos: Arte da foto: Savio Melo

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foco especial! Família Acolhedora
Propaganda

FOCO ESPECIAL

FOCO ESPECIAL – A SEGUNDA EDIÇÃO “ELAS EMPREENDEM E VENCEM” MOVIMENTOU O RECANTO DAS EMAS!

Publicados

em

No dia 14 de maio, sábado, a equipe do Jornal Capital em Foco realizou a 2ª Edição do “Elas empreendem e vencem” no ginásio Tatuzão, no Recanto das Emas/DF.

Comandado pela cerimonialista da Bolshoi Eventos e também colaboradora do Jornal Capital em Foco, Karla Lopes,

o evento nesta edição contou com a participação da Faculdade Estácio representada pelos alunos dos cursos de Nutrição, Enfermagem, Direito, Contábeis e Fisioterapia que prestaram atendimento a comunidade.

Também presente no evento, o CRAS com orientações sobre os benefícios prestados pelo órgão, a SEJUS com procedimentos beleza, a CODHAB com o atendimento “Morar Bem”, a Secretaria da Mulher com serviços médicos e orientações sobre o autoexame das mamas e a ONG Programando o Futuro com o ônibus para o recolhimento do lixo eletrônico e serviços sociais de corte de cabelo e aferição de pressão.

A Administração do Recanto das Emas cedeu não só o local para a realização do evento, como também a infraestrutura de som e imagem.

Os participantes ainda puderam assistir a palestra do consultor do SEBRAE – Gerson Spíndola sobre MEI, um talk show mediado pela jornalista Silvana Scórsin com: a empresária e proprietária da Pizzaria Magia, Ana Cristina; o empresário Salomão Ferretti, proprietário da SAMA – RH e Marketing Promocional (que doou camisetas personalizadas para a equipe do Jornal Capital em Foco); a psicanalista Rosane Lopes; a coach de carreiras, Tamara Penha; a empresária do ramo e cursos e treinamentos INTEGRA, Naiara Clemente;  a especialista em Mídia Digital Bárbara Scorsin; a empresária do ramo de confeitaria, Eduarda Yasmim e a Assistente Social e Neurocientista  da ONG “Mulher Simples Assim”, Marcia Sousa que dividiram seus conhecimentos e experiencias como empreendedores com o intuito de encorajar e ajudar as mulheres  a entrarem e se manterem no ramo de negócio e  agregar e auxiliar nas dificuldades enfrentadas.

Leia Também:  Foco na lives!

 

Ao final, a palestra de Fana Lopes, criadora de conteúdos sobre comportamento, que tem um canal no youtube – Fana Lopes – e é colaboradora do Capital em Foco, na coluna FOCO COM FANA LOPES.

O evento terminou  animado pelo colaborador do Jornal Capital em Foco, D’ROSA  com  sorteios de vários brindes, doados pelos comerciantes e apoiadores: SEBRAE, All Rede (que também disponibilizou para todos, sinal de internet), Loja Essencial, Livraria Leitura, Bolshoi Eventos,  site Radar Digital Brasília, a loja de vinhos e espumantes LAVINOCASA, a floricultura Rainha Margarida, o Trem da Roça, Rivania Bijoux, Duda Gourmet, Loja Rei do Bebê, Closet Majohn, Móveis e Utilidades Santo Antonio, KS Acessórios, Papelaria Impacto, Tamires Cosméticos, o Restaurante Sabor da Roça, Top Pães, Padaria Suprema, Panicenter, a Distribuidora Santa Fé, Jaqueline Texeira Disigner, CIK2 multimarcas, Bolo Fofo da Dayane e a instalação do Pula-Pula para crianças pela Provençal Festas.

“O objetivo do encontro foi compartilhar o conhecimento adquirido com experiências em empreendedorismo, e deste modo, contribuir para o desenvolvimento profissional de mulheres que decidem empreender para vencer. Missão cumprida!

Todos os nossos convidados se dedicaram nessa missão, na ajuda às mulheres que se encontram com dificuldade em tirar seus projetos do papel por falta de uma orientação ou aquelas que pensam em parar por diversas dificuldades.”  – Disse a Presidente do Jornal Capital em Foco, Betânia Sousa.

 

A equipe do Jornal Capital em Foco aproveita para agradecer as pessoas que ficaram anônimas durante o evento, mas que fizeram a diferença para tudo dar certo. Gabriel Scórsin, Lilian Aparecida Pinto, Neuza Barbosa, Neide Barbosa e Kenia Severo , Jael Fontenelle ,  Ricardo Wilson Guimarães, Itamar alemão do Caminhão, Elaine, Ivone Maria e Maria Ivone e Meriva.

Leia Também:  Foco na Folia!

E você, nosso leitor, fique ligado na programação de outras edições do “Elas empreendem e vencem”.

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA