BRASÍLIA

GERAL

Foco nas lives! Live # Alimente a Arte – ASCETUR

Publicados

GERAL

Postado por Silvana Scórsin em 30.06.2020 Serviço: 05 de julho de 2020, às 17h, pela plataforma Instagram, no perfil @ascetur_ É com muita alegria que nós da ASCETUR (Associação Cultural, Esportiva e Turística) apresentamos a live beneficente em prol da Campanha # Alimente a Arte! Esse evento foi pensado com muito carinho para ajudar na divulgação dessa campanha tão importante. A ASCETUR é uma associação sem fins lucrativos que atua no Distrito Federal há doze anos em várias áreas, entre elas a cultura e o esporte. Desde o início da pandemia, realizamos diversas atividades e campanhas dirigidas a combater os efeitos sociais negativos causados pelas medidas de isolamento e suspensão de atividades culturais. A ideia da campanha começou quando, em conversa com nossa rede de contatos no meio artístico, a ASCETUR percebeu que muitos grupos de artistas estavam sem qualquer apoio desde o encerramento de suas atividades, devido à pandemia do COVID-19. Especialmente os artistas independentes, autônomos, de rua e circenses que vivem de apresentações, aulas e projetos temporários! Toda a classe artística está sendo especialmente atingida nesse período pois suas atividades foram suspensas logo no início da quarentena e devem ser as últimas à voltarem! Portanto, como a ASCETUR acredita na importância da arte e do circo, resolvemos criar essa campanha de apoio a estes artistas e suas famílias! Entramos em contato com vários coletivos que nos reportaram sobre a situação vulnerável na qual muitos artistas do DF se encontram, e com o intuito de auxiliar essas famílias e preservar a cultura popular e circense no Distrito Federal começamos a campanha #alimente a arte. Decidimos então organizar uma LIVE para impulsionar essa campanha e atingir a nossa meta de auxiliar pelo menos 30 artistas e suas famílias. Entramos em contato com os músicos e as palhaças que se voluntariaram para participar e dar sua contribuição para a campanha. Os detalhes da LIVE foram pensados coletivamente de uma forma que ficasse bom para todos e, com a experiência de cada um em campo, montamos uma linda programação para todos os públicos: divertida tanto para assistir sozinho como para assistir com a família. A programação conta com esquetes de palhaças, pocket shows com músicas autorais e de outros artistas da capital e deve durar 1h30. Alguns artistas conhecidos da cidade vão participar, como a palhaça Sininho, que já saiu em diversos jornais com o seu trabalho de apresentar dentro de ônibus da cidade, e também com o músico Dio. Villar, integrante do grupo musical O Bando e um dos fundadores do bloco de carnaval Eduardo e Mônica. ROTEIRO PROGRAMAÇÃO 1. Apresentação da Campanha – Talita (5 min) – 17h05- 17h10 2. Abertura – Palhaça Sininho conta sua história (7 min) – 17h10 – 17h17 3. Show Eduardo Canavezes (18 min )- 17h17 – 17h35 4. Palhaça Crispina – Bolhas Gigantes (7 min) – 17h35 – 17h42 5. Show Felipe Boechat (18 min) – 17h42 – 18h *** INTERVALO*** 6. Palhaça Alegrilda – Esquete (7 min) – 18h03 – 18h10 7. Show Dio. Villar – (18 min) – 18h10 – 18h30 9. Apresentadora Talita – Encerramento (7 min) – 18h30

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foco na solidariedade! Moradores de rua do DF recebem kit de higiene - Grupo Mulheres do Brasil !
Propaganda

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO NAS NOTÍCIAS – Governo Federal institui Programa de emprego e capacitação voltado para mulheres e jovens.

Publicados

em

Foto: Presidente Jair Bolsonaro e a Deputada Federal Celina Leão/PP

Foto: Deputada Federal Celina Leão/PP

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou em cerimônia no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (4), Medida Provisória que institui programa voltado à inserção e à manutenção das mulheres e jovens no mercado de trabalho e Decreto que visa criar 100 mil novas vagas de aprendizagem profissional e contribuir para melhorar a qualificação e a empregabilidade dos jovens. A ação faz parte do Programa Renda e Oportunidade (PRO), uma série de medidas lançadas pelo Ministério do Trabalho e Previdência para alavancar a retomada do emprego e da economia no País.

O ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, destacou os 2 milhões e 700 mil novos empregos criados em 2021 no Governo do presidente Jair Bolsonaro, “o maior número dos últimos 10 anos. E somente no primeiro trimestre de 2022 já são mais de 600 mil novos empregos e podemos sonhar que até o final de 2022 a gente consiga superar todas as expectativas”.
O novo programa cria uma série de medidas para impulsionar as boas práticas na promoção da empregabilidade das mulheres, como a flexibilização do regime de trabalho, a qualificação em áreas estratégicas para ascensão profissional e apoio a mulheres no retorno ao trabalho após a licença maternidade. Ao grupo feminino, a MP prevê a implementação de várias medidas de apoio à parentalidade na primeira infância – via reembolso creche ou a liberação de valores do FGTS para auxílio no pagamento de despesas e manutenção ou subvenção de instituições de educação infantil pelos Serviços Sociais.
Será ainda incentivada a flexibilização do regime de trabalho dos pais após o término da licença maternidade, para apoio às mulheres no retorno ao trabalho nesse período, tais como a implantação do regime de tempo parcial e compensação de jornada por meio de banco de horas, além da jornada de 12 horas trabalhadas por 36 horas ininterruptas de descanso, quando a atividade permitir, além da antecipação de férias e flexibilização do horário de entrada e de saída.
O programa foca na empregabilidade das mulheres, especialmente aquelas que sofrem impacto direto da maternidade – até os cinco anos de idade dos filhos – no que se refere à capacidade de inserção, permanência e progressão no mercado de trabalho. Também institui o “Selo Emprega + Mulher”, para promover nas empresas a adoção de boas práticas na contratação, ocupação de postos de liderança e a ascensão profissional de mulheres.

Foto: Deputada Federal Celina Leão/PP

Na solenidade de assinatura foi convidada a discursar pelo Presidente da República, Jair Bolssonado, a coordenadora da Bancada Feminina da Câmara dos Deputados, a deputada federal, Celina Leão. Em seu discurso Celina Leão, a deputada quebrou o protocolo e iniciou cumprimentando as mulheres presentes, a primeira dama Michelle Bolsonaro.

Leia Também:  Foco na saúde! Doe órgãos. A vida precisa continuar.

Em seu discurso, a parlamentar Celina Leão, ressaltou que , em sua legislatura, aprovou 162 leis voltadas às mulheres (algumas ainda tramitando no Senado).  Jair Bolsonaro sancionou 66 delas, ato nunca feito antes por outro presidente. Sancionando inclusive, leis de autoria de deputadas da oposição, reconhecendo o trabalho da bancada feminina sem discriminação.

“A medida provisória, revoluciona a questão de como o Estado olha a parentalidade responsiva, situações onde o homem também poderá desfrutar da licença maternidade, saque do FGTS para pagamento de creche entre várias outras ações progressistas. “, afirmou Celina Leão.

Foto: Deputada Federal Celina Leão/PP

Para os jovens, o programa busca aumentar as oportunidades de formação e de inclusão produtiva do adolescente e do jovem por meio da aprendizagem profissional. Foram criadas 100 mil novas vagas de aprendiz e foi instituído o Projeto Nacional de Incentivo à Contratação de Aprendizes, por meio do qual as empresas participantes terão benefícios para regularizarem o cumprimento da cota de aprendizagem, com uma estimativa de contratação de 250 mil adolescentes e jovens ainda este ano.
Também foram estabelecidas medidas para incluir mais adolescentes e jovens vulneráveis na aprendizagem, com prioridade para o público do Auxílio Brasil, adolescentes em acolhimento institucional, aqueles provenientes do trabalho infantil, entre outros. A MP e o Decreto trazem ainda medidas para melhorar a formação do aprendiz e para integrar a aprendizagem profissional ao novo ensino médio da rede pública de ensino, contribuindo para que os adolescentes e jovens permaneçam na escola enquanto são qualificados e ingressam no mercado de trabalho. A MP amplia também o prazo máximo da aprendizagem de dois para três anos e cria incentivos para que as empresas efetivem os aprendizes em contratos de trabalho por tempo indeterminado após a conclusão do programa de aprendizagem.

Leia Também:  FOCO EM ANNY FISCHER! ANVISA DEMORA PARA LIBERAR MEDICAÇÃO CONTROLADA.

Fonte: ascom Ministerio do trabalho e previdência

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA