BRASÍLIA

Manchete

FOCO NA RESPONSABILIDADE SOCIAL – Neoenergia Brasília forma e contrata 30 mulheres eletricistas

Publicados

RESPONSABILIDADE SOCIAL

 

Até o final do ano, serão 250 vagas ofertadas para formação de profissionais pela escola de eletricistas

Brasília, 27 de abril de 2022 – Na manhã desta quarta-feira (27/4), ocorreu a formatura de mais uma turma da escola de eletricistas da Neoenergia Brasília, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), em Taguatinga. Ao todo, já foram formados 86 profissionais para o mercado de trabalho em todo o Distrito Federal. Destes, 55 já foram contratados e 20 estão em processo de contratação para o quadro de colaboradores da Neoenergia Brasília, sendo 45 homens e 30 mulheres, ampliando a equidade de gênero também nas áreas técnico-operacionais da distribuidora.

Apenas nas turmas de abril, foram formados 40 profissionais, entre homens e mulheres. São quatro turmas concluídas e a próxima terá início nesta quinta-feira (28/4), com previsão para formar mais 25 novos eletricistas. Até o final do ano, serão 250 novas vagas ofertadas com expectativa de contratação até o primeiro trimestre de 2023.

Além de fomentar a geração de emprego e renda no Distrito Federal, a iniciativa objetiva ampliar a oportunidade de uma nova profissão para mulheres, contribuindo, principalmente, para a equidade de gênero em profissões majoritariamente masculinas. Além disso, a escola possibilita que, depois da formação, as alunas possam integrar o quadro de colaboradores da empresa, de empresas parceiras ou atuar em outras empresas no mercado. A expectativa é formar turmas com no mínimo 35% de participantes do sexo feminino.

Leia Também:  FOCO HOMENAGEM - Dia do Professor

“A Neoenergia Brasília acredita que fortalecer o mercado de trabalho da capital federal, promovendo a equidade de gênero e a ampliação da força de trabalho feminina é um importante papel social da companhia”, destaca Frederico Candian, presidente da Neoenergia Brasília.

A escola oferece capacitação profissional gratuita, e pessoas com idade acima de 18 anos, ensino médio completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) podem se inscrever. Os cursos têm ênfase em redes de distribuição de energia elétrica e as aulas são divididas em duas etapas, começando pela parte teórica, em formato remoto, e finalizando com as aulas práticas presenciais, em campos de postes, seguindo os protocolos de saúde e segurança.

VAGAS – Em maio, novas turmas serão abertas e as inscrições poderão ser feitas a partir do próximo dia 9 de maio. As inscrições para a escola de eletricistas e para as demais vagas disponíveis na empresa podem ser feitas pelo site da Neoenergia Brasília: https://www.neoenergiabrasilia.com.br/Paginas/oportunidades-de-emprego.aspx

ESCOLA DE ELETRICISTAS – O projeto é realizado pelas distribuidoras do grupo Neoenergia desde 2019 e já capacitou mais de 4 mil alunos nos estados da Bahia, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte, de São Paulo e do Distrito Federal. Desse total, mais de 3 mil profissionais foram contratados pelas empresas do grupo. A iniciativa pioneira ao criar turmas para mulheres, a fim de promover a diversidade e a inclusão, é reconhecida como exemplo global de um dos Princípios de Empoderamento das Mulheres pelo WeEmpower, programa da ONU Mulheres junto à Organização Internacional do Trabalho (OIT) e à União Europeia, para estimular boas práticas das empresas.

Leia Também:  Foco especial! Um vôo para o universo!

PÍLULA DE SEGURANÇA NEOENERGIA BRASÍLIA – Fio energizado no solo representa um grande perigo para quem passa na rua. Se encontrar um fio partido não se aproxime, isole a área e ligue para a central de teleatendimento 116 da Neoenergia Brasília.

 

Fonte: EGNEWS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

FOCO NA RESPONSABILIDADE SOCIAL – “O DESCARTE CERTO É OBRA SUA” nova campanha da ADASA

Publicados

em

Móveis abandonados em locais descampados. Bueiros obstruídos. Entulhos, restos de obras e podas acumulados em terrenos baldios. São cenas que se repetem todos os anos no Distrito Federal. Só em 2021, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) retirou uma média mensal de aproximadamente 51 mil toneladas de entulhos das ruas do DF.
Isso representa um custo anual de mais de 28 milhões, com a remoção dos entulhos das vias públicas. Um recurso que poderia ser investido em outras ações de interesse público, se a população depositasse esses materiais nos locais corretos.
Diante disso, a Adasa lançará, nesta quarta-feira (8/6), uma campanha sobre o descarte de resíduos provenientes de pequenas obras. Com o mote “O descarte certo é obra sua”, a campanha tem como objetivo incentivar o uso dos papa-entulhos pela população do Distrito Federal. Alinhado ao tema da campanha, também será divulgado o segundo episódio do programa Entre no fluxo com a Adasa, realizado em parceria com a TV Câmara Distrital.
A ideia é promover os pontos de coleta voluntária de resíduos de construção, mais conhecidos como papa-entulhos, uma vez que além de poluir as ruas e causar impactos negativos ao meio ambiente, o descarte incorreto contribui para a proliferação de doenças.
“Como reguladora dos serviços de limpeza urbana, a Adasa edita as normas para garantir a qualidade da prestação desses serviços realizados pelo SLU, que tem feito um grande esforço para manter a cidade limpa, tendo em vista a quantidade de resíduos de obra e entulhos jogados em vias e áreas públicas. Entendemos que o cidadão também precisa fazer a sua parte e levar esses resíduos a um local autorizado e, por isso, lançamos a campanha. Para que as pessoas sejam incluídas nesse processo e orientadas a fazer o descarte corretamente.”, destacou o presidente da Adasa, Raimundo Ribeiro.
Tanto a campanha como o programa foram realizados em parceria com o SLU e apoiados pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Sinduscon-DF e sistema FIBRA, que diante da relevância do tema se dispuseram a usá-la e divulgá-la em seus respectivos meios de informação e eventos.
Com o descarte certo, o destino final dos resíduos recolhidos nos papas-entulhos, beneficiam a cidade, o meio ambiente e os catadores e cooperativas que reciclam o material.
Painel de Informações de Resíduos Sólidos
No mesmo dia, a Adasa também lançará o Painel de Informações de Resíduos Sólidos. A ferramenta – disponível no site institucional da Agência – apresenta de forma objetiva e acessível dados relacionados à gestão de resíduos sólidos urbanos no DF.
Na área de interação, o internauta encontrará um infográfico com os principais números sobre a operação e aspectos econômico-financeiros dos serviços prestados pelo SLU, além de um panorama do monitoramento das metas e indicadores definidos no Plano Distrital de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PDGIRS).
Desde 2018, a Adasa publica em seu sítio eletrônico o acompanhamento dos indicadores do PGDIRS por meio de relatórios. Para a superintendente de Resíduos Sólidos do órgão, Élen Dânia dos Santos, o novo formato permitirá que mais pessoas acessem dados que englobam desde a coleta até a disposição final dos resíduos.
“Vamos possibilitar, por meio de uma maneira mais didática e acessível, que os usuários conheçam essas informações sobre os resíduos sólidos que geramos no DF, e ao mesmo tempo, promover a sensibilização para índices que estão abaixo das metas estabelecidas no plano, como os da coleta seletiva.”, explicou.
Fonte: Assessoria de Comunicação ADASA
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  FOCO NA SOLIDARIEDADE! MOVIMENTO PARA ARRECADAR MATERIAL ESCOLAR! DUDU NOEL E EQUIPE EM AÇÃO!
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA