BRASÍLIA

Intercultural

FOCO INTERCULTURAL- Governador de Santa Catarina se reúne com embaixadores em Brasília

Publicados

SEM CATEGORIA

O Evento aconteceu na Embaixada de Portugal em Brasília.

Santa Catarina é sinônimo de crescimento, oportunidade e desenvolvimento. Um estado com muitas vantagens competitivas, capacidade empreendedora, inovador, que cresce na sua totalidade, impulsionada por polos regionais. Estes foram alguns dos destaques apresentados pelo governador Carlos Moisés para embaixadores e representantes de 30 países no SC Day, na Embaixada de Portugal, em Brasília, na tarde desta terça-feira, 17.

O chefe do Executivo estadual enfatizou ainda os números positivos em todas as áreas de governo. Reforçou que, com pouco mais de 1% do território brasileiro, o Estado é gigante em produção e exportação.

“Mostramos as oportunidades para quem quer viver, empreender e curtir Santa Catarina em todos os aspectos. A economia do nosso estado cresce cada vez mais e seguimos em pleno emprego. Temos condições de receber novas empresas e investimentos. Estamos pensando no futuro. Temos serras, mar, quatro estações bem definidas, mão de obra diversificada; e o melhor que temos é a nossa gente com absoluta miscigenação. Um estado que vem apresentando grande desempenho e eficiência”, disse o governador, que agradeceu à embaixada de Portugal por abrir suas portas para apresentar o estado catarinense.

O embaixador de Portugal, Luís Faro Ramos, salientou a importância do fortalecimento das relações e a ampliação de oportunidades. “Portugal e Santa Catarina têm uma relação muito boa. Um exemplo é que as nossas empresas estão fortes no estado e estou certo de que continuaremos a fortalecer essa relação muito importante. Espero, ainda, que outros países sigam o exemplo de Portugal e reforcem os seus laços econômicos, comerciais, culturais e institucionais com Santa Catarina”, destacou.

O evento foi promovido pela Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais (SAI) em parceria com a Embaixada de Portugal no Brasil. A programação também contou com a apresentação das ações de secretarias de Estado, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc).

O secretário da SAI, Fernando Raupp, enfatizou que o evento vem agregar ainda mais desenvolvimento e novas oportunidades com outros países. “Santa Catarina está sendo apresentada de forma internacional. Temos um estado forte, industrial, boa logística, localização e mão de obra qualificada. É o melhor local para se investir. Eleito o segundo no ranking de competitividade nacional, pelo 5º ano consecutivo”.

Leia Também:  FOCO NAS NOTÍCIAS CORPORATIVAS - OAB/DF E SEBRAE discutem Sistema penitenciário e capacitação

Santa Catarina – um estado de oportunidades

O secretário de Estado da Administração, Jorge Tasca, destacou que Santa Catarina tem um modelo de gestão, que é referência no Brasil. O governo atuou com austeridade e obteve mais de R$ 600 milhões anuais em economia, com revisão de contratos e a redução da máquina pública. As medidas permitiram acelerar obras com recursos próprios dos catarinenses, sem financiamentos. Também citou os investimentos históricos em todas as áreas de governo. Desde 2019, já foram investidos mais de R$ 3,5 bilhões.

O saneamento financeiro fez com que o Estado conquistasse a nota B na Capacidade de Pagamento (Capag). Conforme o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, o resultado é fruto dos três anos de trabalho da gestão, com saneamento financeiro, canalizando recursos para investimentos e melhoria dos índices fiscais.

Outro ponto destacado foi a geração de empregos. Santa Catarina, no primeiro trimestre deste ano, gerou 64 mil vagas. É o segundo estado que mais está gerando postos de trabalho no Brasil. É o 6º PIB Nacional, além de ser o 8º no ranking de exportações e o 2º em importação. O Plano 1000, maior projeto municipalista da história, também foi abordado.

Infraestrutura para o desenvolvimento

Os R$ 5,5 bilhões projetados e executados em investimentos em infraestrutura foram apresentados pelo secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira. De 2019 até o momento já foram aplicados nas rodovias estaduais R$ 1,7 bilhão e nas rodovias federais, R$ 170 milhões. Para o fortalecimento da aviação regional, estão sendo investidos R$ 151 milhões.

Para potencializar ainda mais o desenvolvimento, o secretário comentou sobre o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental para implantação e pavimentação do Novo Corredor Litorâneo Norte. Uma nova rodovia, que correrá em paralelo à BR-101, no trecho entre Joinville e Biguaçu, até o futuro Contorno Viário da Grande Florianópolis.

Informou ainda sobre a elaboração de dois grandes projetos executivos: o corredor ferroviário catarinense que ligará Chapecó a Correia Pinto e a ferrovia interportos entre Itajaí e Araquari.

Santa Catarina – Um estado belíssimo por natureza

O secretário da Agricultura, Ricardo Miotto, destacou o potencial produtivo do Estado, com base na agricultura familiar, que responde por 78,1% dos estabelecimentos agropecuários. O agronegócio produz 31% do PIB de SC e sustenta 70% das exportações catarinenses. Com apenas 1,13% do território nacional, SC exporta produtos do setor agro para mais de 150 países; além de ser referência internacional em sanidade animal.

Leia Também:  Foco no poder! Inaugurado Complexo de Reciclagem na Estrutural

As belezas naturais de Santa Catarina também foram evidenciadas. O presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Henrique Maciel, disse que o estado é o destino turístico mais completo do Brasil. São praias, serras, cânions, campos, tradição. Essa diversidade faz com que o turismo responda atualmente por 13% do PIB catarinense.

Outro ponto abordado foram os investimentos feitos no fomento da cultura catarinense – R$ 142 milhões neste ano. A apresentação foi do presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Edson Lemos.

O secretário executivo do Meio Ambiente de Santa Catarina, Leonardo Porto Ferreira, representando a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Sema), salientou que SC tem investido em ações de planejamento do território e de preservação dos recursos hídricos. Em relação ao clima, o Estado aderiu a compromissos para impulsionar a adaptação às mudanças climáticas e a mitigação das emissões de gases de efeito estufa.

Tecnologia e Inovação

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fábio Zabot Holthausen, pontuou que o Governo do Estado tem ampliado as oportunidades e recursos em Ciência, Tecnologia e Inovação, e a Fapesc está aberta para novas parcerias para internacionalização.

As ações do Sapiens Parque foram apresentadas pelo presidente, Daniel Leipnitz, e pela diretora executiva Daniella Abreu. Os gestores enfatizaram que o Sapiens é um ambiente internacional de inovação de portas abertas para receber empresas e investidores financeiros.

Potencialidades da indústria catarinense

A visão empresarial de Santa Catarina e as potencialidades de empregos, ambientes de negócios, capacitação e indústria foram evidenciadas pelo diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Anacleto Ortigara, e pelo diretor de Inovação e Competitividade da Fiesc, José Eduardo Fiates. A indústria catarinense representa 30% do PIB, isso a coloca em quarto lugar como maior PIB industrial do país por estado.

Exposição

Paralelo ao evento, o artesanato catarinense esteve em exposição na Embaixada de Portugal. O objetivo foi promover o trabalho dos profissionais exprimindo a identidade e a cultura de Santa Catarina.

Fabiana Ceyhan Presidente da ABRAJINTER e Governador Carlos Moisés na Embaixada de Portugal

Fonte: Fabiana Ceyhan – brasiliainfoco.com

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

FOCO NO PODER - ELEIÇÕES 2022.

FOCO NO PODER – ELEIÇÕES 2022 – CONHEÇA O CDDF E ENTORNO E SEU PRESIDENTE EUGÊNIO PIEDADE, INSTITUIÇÃO QUE COM MENOS DE 4 ANOS DE EXISTÊNCIA JÁ PODERÁ TER SEU DEPUTADO DISTRITAL

Publicados

em

 

CAPITAL EM FOCO – QUEM É EUGÊNIO PIEDADE?

EUGÊNIO PIEDADE – Sou empresário, profissional de relações institucionais e governamentais e jornalista, com atuação as áreas de construção civil, e publicidade. Maranhense, moro em Brasília desde 1967, com passagens pelo antigo SNI (20 anos) e Presidência da República (Palácio do Planalto). Atuei como assessor parlamentar na Câmara Federal por 5 anos, posteriormente, com empresa própria, assessorou mais de 100 prefeituras. Com forte atuação política no DF e principalmente nas regiões do Cruzeiro, Itapoã e do Paranoá com foco no esporte e no social, idealizou em 2018 o Conselho de Desenvolvimento da Região Norte do Distrito Federal, ideia replicada para as outras regiões administrativas do Distrito Federal. Designado Embaixador do Rede Internacional de Proteção à Vítima Laço Branco na região Paranoá e Itapoã. Sou criador do Portal de Notícias EG NEWS que presta serviços para diversos Órgãos do Governo Federal e local, sendo um meio de comunicação que leva as notícias e fatos reais para a população do DF.

    

CAPITAL EM FOCO – EUGÊNIO PIEDADE, O QUE É O CDDF E ENORNO?

EUGÊNIO PIEDADE – O Conselho de Desenvolvimento do DF e Entorno (CDDF) é uma organização da sociedade civil sem personalidade jurídica, que através do Método 05 Passos para o Desenvolvimento (5PPD) leva ações, projetos e programas para todo o DF. É a porta de entrada da administração pública para que sejam trabalhadas políticas oficiais na ponta e sejam promovidas a difusão da informação e a transformação social. Nossa atuação é mais voltada às pessoas mais carentes. Utilizamos ações macros transversais pelo tripé da Capacitação, Empreendedorismo e Turismo, fortalecendo as ações locais emergenciais, estruturantes e programáticas. As parcerias são formuladas pelo instrumento legal Consórcio Nacional de Valorização ao Desenvolvimento (CONVIDA), que integra as instituições, os projetos e os consultores do CDDF.

Hoje somos um Conselho que integra todas as regiões norte, sul, oeste, centro e RIDE Norte e Sul. São 06 Superintendências que coordenam 34 regiões administrativas e bairros do DF, e algumas das 31 cidades dos municípios de Goiás/Minas Gerais da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE). Cada Conselho de Desenvolvimento Local possui em média 10 membros, somando aproximadamente 700 conselheiros nos quadros atuais do CDDF e Entorno.

Foto: arquivo pessoal/ Formação do 1º Conselho no Itapoã.

Foto: arquivo pessoal/ Posse do conselho de Águas Claras.

CAPITAL EM FOCO – COMO NASCEU O CDDF E ENTORNO?

EUGÊNIO PIEDADE   – Idealizado por mim que sou Empresário/Jornalista, que, convidei os amigos Hélio Rosa e Estevão Reis e criamos o CDDF na Região Norte, que seria formado pelas cidades do Itapoã/Paranoá, Planaltina e Sobradinho, cidades onde residimos, e, pelo excelente trabalho executado nessas cidades, estendeu-se rapidamente por todo o DF e Entorno.

Foto: arquivo pessoal/Apresentando projeto para o Secretário e Governo do DF, José Humberto.

CAPITAL EM FOCO – EUGÊNIO PIEDADE, COMO FOI QUE SURGIU ESSA IDEIA?

EUGÊNIO PIEDADE   – Bom, é uma historinha um pouco comprida, mais vamos lá. Cheguei em Brasília junto com minha família em 1967, com nove anos, morei na Asa Norte, Cruzeiro, Asa Sul, Lago Sul, Riacho Fundo I, e hoje já com 22 anos, no Condomínio Mansões Entre Lagos, hoje Região Administrativa do Itapoã. Vi esta cidade crescer, vi seus moradores chegando com um lona preta e 4 pedaços de madeira, era de dar pena pela falta de condições de humanas e de saúde, onde famílias as vezes com 10 pessoas praticamente todas, crianças na faixa de idade entre 1 e 10 anos, isso me fazia sentir muito mal em ver aquela situação e não fazer nada, e não era somente isso, mortes e mais mortes a todo instante, a disputa pelos barracos era muito grande e não via o poder público fazer qualquer coisa para melhorar essa situação.

Diante disso, pensei, eu fui funcionário público do antigo SNI por 23 anos, trabalhei outros anos no Palácio do Planalto, Câmara dos Deputados, assessorei 100 municípios dos estados GO, BA e MA, através de escritório próprio, com um grande transito e respeito entre as autoridades tanto do governo Federal e Distrital, não poderia deixar de fazer algo por esses moradores da nova cidade do Itapoã. Foi daí que veio a ideia de ser esse interlocutor entre eles e o poder público, levando suas demandas e dificuldades para políticos e órgãos que pudessem solucionar essas demandas, deu certo e hoje temos um CDDF e Entorno atuante em todo o DF e Entorno.

Leia Também:  FOCO NA LITERATURA COM GUSTAVO DOURADO - Academia Taguatinguense de Letras (ATL), Cordel e Gustavo Dourado em tese da UnB-Universidade de Brasília.

CAPITAL EM FOCO – O QUE FEZ O CONSELHO DAR CERTO? TEM ALGUMA FORMULA?

EUGÊNIO PIEDADE   – Amor, solidariedade, honestidade e responsabilidade pelo que faz. Como posso te falar sobre essas qualidades, aqui no Conselho, todos temos essas qualidades e qualificações, quando da nossa formação, demos oportunidades a todos que são lideranças, formadores de opinião, e outros, isso para não deixarmos parecer que estávamos formando um grupo fechado de pessoas. Com o passar do tempo alguns se foram, talvez por conseguirem o que desejavam para se, outros por não conseguirem o mesmo no imediatismo e, os que ficaram, mostraram que tinham o espirito do CDDF que é, de ajudar não a se, mais sim, ao próximo. Temos um exemplo real, veja, um certo político de Brasília que copiou o projeto CDDF e Entorno na integra, mais a coisa não deu certo da maneira que ele planejou, diferente do CDDF original, que foi criado com pessoas da base e sem qualquer recurso, todos voluntários, quanto ao projeto copiado e com recursos grandiosos, salários chegando a R$ 16.000,00 para estrategistas renomados e de fora do DF, deixando quem realmente mostra que é o estrategista do projeto (liderança ou formador de opinião) a ver navios.

CAPITAL EM FOCO  – QUAIS PROJETOS O CDDF E ENTORNO JÁ EXECUTOU? E QUAIS SÃO?

EUGÊNIO PIEDADE   – Completamos 3 anos novembro passado e já executamos alguns projetos:

SUPER EMPREENDEDORES 1, executado na Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do DF, na parceria com o Instituto Cultura e Social Lumiart, com Emenda Parlamentar do Deputado Distrital Leandro Grass, e atendeu as Cidades de Itapoã e Sol Nascente, capacitando alunos da rede pública de Ensino;

5 PASSOS PARA O DESENVOLVIMNTO 1ª FASE, executado na Secretaria de Estado de Turismo do DF, na parceria com o Instituto Cultura e Social Lumiart, com Emenda parlamentar do Deputado Claudio Abrantes, e atendeu todas as RAs do DF, capacitando conselheiros na ótica do Plano Nacional do Turismo;

MEGA PACOTE DE COMBATE AO COVID-19 – REESTRUTURAÇÃO PSICO-ECONÔMICA – EMPREENDEDOR CULTURAL, executado na Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, na parceria com o Instituto Cultura e Social Lumiart, com emenda da Deputada Distrital Júlia Lucy, e atendeu a Empreendedores de todo o DF;

5 PASSOS PARA O DESENVOLVIMENTO 2ª FASE, executado na Secretaria de Estado de Turismo do DF, na parceria com o Instituto Cultura e Social Lumiart, com Emenda parlamentar do Deputado Claudio Abrantes, e atendeu as RAs do DF, capacitando artesãos;

SUPER EMPREENDEDORES 2, executado pela Secretaria de Estado de Turismo do DF, na parceria com o Instituto Cultural e Social Lumiart, através de Emenda Parlamentar do Deputado Distrital Jorge Vianna, na capacitação profissional de alunos das escolas da rede pública de ensino das cidades do Paranoá e Itapoã;

REDUZIR DESPERDICIOS, executado pela Secretaria de Estado de Turismo do DF, na parceria com o Instituto Cultural e Social Lumiart, através de Emenda parlamentar do Deputado Claudio Abrantes, que atendeu as Cidades do Paranoá, Itapoã, Planaltina e Brazlândia.

Entre outros como:

JOVEM MEI DIGITAL;

NOVO JOVEM CANDANGO;

BATE PAPO 3º SETOR;

SALVANDO PETS, no atendimento a animais de rua;

A VOZ DA RUA;

JOVEM EMPREENDEDOR FIN TECH.

CAPITAL EM FOCO – COMO VOCÊ FAZ PARA TRAZER RECURSOS PARA OS PROJETOS DO CONSELHO?

EUGÊNIO PIEDADE   – É muito custoso, mesmo eu sendo amigo de alguns parlamentares, é muito difícil e precisa ter muita paciência, as vezes você passa até quatro horas numa sala de espera para puder conversar com o parlamentar e muitas das vezes você nem é atendido e pedem para você falar com o chefe de gabinete, aí mesmo é que não sai nada. Não sei o que acontece com esses políticos, parece que é só sentar na cadeira que a mosquinha azul pica e o mesmo se acha o rei da cocada preta, não atende mais aquele que mais o ajudou (líder comunitário e formador de opinião), e olha que não é só eu que tenho essa visão. Em quase todas as conversas o parlamentar diz que projetos de capacitação não dão voto e preferem colocar recursos para obras eventos, deixando nossos jovens sem qualquer esperança de terem expectativa de melhores condições de vida através da capacitação profissional.

Leia Também:  Foco no poder! Inaugurado Complexo de Reciclagem na Estrutural

CAPITAL EM FOCO – O CONSELHO É APADRINHADO POR ALGUM PARLAMENTAR?

EUGÊNIO PIEDADE   – Felizmente não, conversamos com todos, os que nos cedem as emendas (poucos), posso enumera-los aqui e agradece-los pelo apoio, parlamentares que acreditaram no CDDF como Júlia Lucy, uma das maiores incentivadoras desse projeto, o Jorge Vianna, Leandro Grass, Claudio Abrantes e Martins Machado e Fernando Fernandes.

CAPITAL EM FOCO – QUAL A AÇÃO DE MAIOR RELEVÂNCIA QUE O CONSELHO REALIZOU?

EUGÊNIO PIEDADE

Todas as ações que realizamos são importantes e beneficiaram a população do DF. Mais além dos projetos de capacitação de jovens, principalmente os carentes que enchem meu coração de felicidade, atuamos em uma ação que me orgulho, que foi evitar a demissão de aproximadamente 400 famílias de um frigorifico aqui do DF, o qual estava prestes a fechar suas portas.

Intermediei junto ao Secretário de Governo José Humberto, o Governador do DF, Ibaneis Rocha e com os representantes dos governos de MG/GO, a equiparação das alíquotas de imposto sobre comercialização de carnes entre os estados do DF/MG/GO.

Esse, me orgulho muito em saber que ajudei inúmeras famílias a manterem a sua dignidade e o pão de cada dia em suas mesas.

   

 CAPITAL EM FOCO – O QUE VCS PRETENDEM DAQUI PARA FRENTE?

EUGÊNIO PIEDADE   – Estamos em reformulação completa, atraindo organizações e pessoas que tragam novas ideias e que tenham o espirito do CDDF que é ajudar, capacitar e profissionalizar jovens para tenham um futuro melhor e engrandeçam o País.

 

CAPITAL EM FOCO – VOCÊ TEM ALGUMA PRETENSÃO POLITICA?

EUGÊNIO PIEDADE   – Depois de muito relutar aos pedidos dos conselheiros que me cercam, recentemente resolvi entrar na disputa por uma cadeira na Câmara Legislativa do DF.

CAPITAL EM FOCO – COMO ACONTECEU ISSO?

EUGÊNIO PIEDADE   – Como já citei anteriormente, já milito na política há aproximadamente 40 anos, sei como são as mexidas das peças do xadrez político, e depois que criei o CDDF passei a sentir na pele o descaso que os parlamentares tratam seus eleitores e os que os ajudaram a sentar na cadeira. O descaso é muito grande, tapinhas nas costas, como seu projeto é maravilhoso, deixa eu ser o padrinho desse projeto, isso e muitas outras delongas. Nos dedicamos, somos fieis e o que recebemos é isso, quando eleitos, não cumprem em executar os projetos sociais que se comprometeram em fazer. Por tudo isso me fez aceitar esse pedido

CAPITAL EM FOCO – O QUE VOCÊ PRETENDE FAZER SE FOR ELEITO?

EUGÊNIO PIEDADE   – Caso eleito teremos muito o que fazer, como continuar o que já estamos fazendo no atendimento das demandas das cidades, fazendo o social e principalmente capacitando jovens, esse é o meu maior sonho, ter recursos e condições para aumentar o número de jovens capacitados que já fizemos (CDDF) até agora, fazer leis que realmente sejam voltadas para o bem da comunidade, trabalhar realmente para a comunidade, principalmente para as pessoas mais carentes do nosso DF.

CAPITAL EM FOCO – OBRIGADO PELA ENTREVISTA E POR FAVOR, DEIXE UMA PALAVRA PARA NOSSOS ELEITORES;

EUGÊNIO PIEDADE   – Quem tem que agradecer sou eu pela oportunidade de poder mostrar para a população do DF e Brasil, este maravilhoso projeto que é o CDDF e Entorno, uma instituição que amo e que é minha vida hoje, agradecer também ao Partido Pros/DF – Partido Republicano da Ordem Social por me convidar para concorrer a uma cadeira na Câmara Distrital, minha gratidão e tenham certeza sendo eleito Deputado Distrital os jovens e as lideranças comunitárias terão voz na CLDF, obrigado.

Foto: arquivo pessoal/ Moção Honrosa ao Secretário de governo José Humberto – por sempre acreditar no CDDF.

Foto: arquivo pessoal/ 1ª formação da Associação dos Blogueiros

Foto: arquivo pessoal/Projeto do CDDF e Entorno

Foto: Arquivo pessoal/ Patrocínio esporte do cruzeiro

Foto: arquivo pessoal / Amigos da Aruc

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FOCO NAS NOTÍCIAS

FOCO ATUALIDADES

FOCO CIDADES

EMPREENDEDORISMO

CULTURA E EVENTOS

SAÚDE E BEM ESTAR

MAIS LIDAS DA SEMANA